Em dia de Grahl, Bahia bate o Ipatinga de virada

Era só esperar até os minuto finais. Somente aos 47, a torcida tricolor comemorou aliviada. Neste sábado (15), o Bahia venceu o Ipatinga por 2 a 1, com um gol de Rogerinho nos acréscismos da partida. Grahl, que deu o passe para virada, empatou a partida. Veja como foi a partida e assista os gols no Lance a Lance.

Com o resultado, o Bahia assume a vice-liderança da Série B, com 100% de aproveitamento. Na próxima sexta-feira (21), o Tricolor encara a Ponte Preta, em Pituaçu, pela terceira rodada da competição. O Ipatinga volta a campo no dia 22 diante do São Caetano, no estádio Anacleto Campanela, às 16h10.

Primeiro tempo amarrado

O sol escaldante da cidade de Ipatinga deixou os jogadores sonolentos no início do jogo. Muitos passes errados e a bola mal saía do meio-campo. Com três volantes em campo e o lateral Diego de armador, o Bahia passou a buscar o ataque pelo lado esquerdo, mas sem muito sucesso.  A primeira boa jogada, porém, veio da direita. Rogerinho avançou com rapidez e cruzou na área. Bruno Silva cabeceou por cima do travessão.

O time da casa, com dificuldades de fazer a bola chegar aos atacantes, só assustou aos 10 minutos. E que susto. Ademilson desceu pela direita e cruzou para Alessandro, que bateu de primeira. Omar, atento, fez grande defesa. Aos 17, nova intervenção de Omar. Desta vez, em chute de fora da área de Ademilson. Mesmo sem o apoio da torcida – o estádio estava praticamente vazio -, o Ipatinga ensaiou um domínio do jogo e quase abriu o placar aos 22 minutos. Luizinho avançou pela direita, cortou a marcação e bateu colocado. A bola tirou tinta da trave tricolor.

Jogador mais lúcido do Bahia na partida, Grahl iniciou a jogada do Bahia de maior perigo o jogo. Aos 25, ele chegou à linha de fundo e cruzou. A bola atravessou toda a pequena área, mas Bruno Silva chegou atrasado. Com boa movimentação, Ademilson desviava fácil da defesa tricolor. Aos 40, ele aproveitou cruzamento de Donizete e cabeceou rente à trave de Omar.

Brilha a estrela de Rodrigo Grahl

O Bahia voltou mais atento para o segundo tempo e quase abriu o placar aos três minutos. Rogerinho cobrou escanteio do lado esquerdo e Nen, livre, cabeceou pouco acima do travessão de Douglas. Aos seis, Bruno Silva chegou a balançar as redes, mas o árbitro marcou falta do volante.

Mesmo com a pressão inicial dos visitantes, o Ipatinga marcou na primeira chance que teve na segunda etapa. Aos nove minutos, Luizinho arriscou despretensiosamente de fora da área. A bola resvalou em Alison e enganou o goleiro Omar. Aos 11, quase o segundo. Danilo Dias pegou sobra da entrada da área e tirou tinta da trave.

Em busca do empate, o Bahia foi para cima do Ipatinga. Aos 23, Abedi, jogando de lateral direito, arriscou de longe após passe de Grahl. A bola passou à esquerda do goleiro Douglas, que se assustou. Aos 27, nova chance perdida. Itacaré e Grahl invadiram a área, mas não decidiram que chutaria e a defesa se recuperou.

Após várias tentativas, o Bahia, enfim, chegou ao empate. Aos 35, Alison tocou bonito de calcanhar para a área. Grahl se antecipou à marcação e tocou sem chances para o goleiro Douglas. Por pouco a virada não veio aos 38. Rogerinho arriscou de fora da área e a bola explodiu no travessão. Mas a estrela do Tricolor haveria de brilhar. Já nos acréscimos, aos 47 minutos de jogo, Rogerinho recebe belo passe de Rodrigo Grahl e só empurrou para as redes. Segunda vitória do Bahia na Série B.

Ipatinga 1 x 2 Bahia – 2² rodada da Série B
Data: 15/05/2010
Estádio: Ipatingão, em Ipatinga
Arbitragem: Marcelo Aparecido (SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

Ipatinga: Douglas; Luizinho (Afonso), Márcio Alemão, Max e Marinho Donizete; Duílio, Max Carrasco, Leanderson e Danilo Dias; Alessandro e Ademilson. Técnico: Gilson Kleina.

Bahia: Omar; Abedi (Vander), Alison, Nen e Ávine; Marcone, Leandro (Ananias), Bruno Silva e Diego (Itacaré): Rogerinho e Rodrigo Grahl. Técnico: Renato Gaúcho.

Fonte:  www.portalibahia.com.br