Destemperado e agressivo, como sempre, Leão agride repórter baiano

Após agredirem alguns repórteres de diversas emissoras baianas, o técnico Emerson Leão junto com os jogadores Rafael Moura, Romerito e Marcão deixaram o estádio do Barradão no camburão da polícia e seguiram para a 10ª delegacia. Os quatro acabaram sendo cercados pelos policiais que os conduziram até a viatura sobre os gritos de “marginais” deferidos pelos repórteres que se mostraram inconformados com a atitude tomada pelos jogadores do time esmeraldino.

Segundo Roque Santos, os diretores do Goiás chamaram o repórter para um possível acordo, mas o profissional da imprensa não aceitou e todos seguiram para a 10ª delegacia para ser feito o boletim de ocorrência.