Defesa falha e Vitória

Com uma atuação para ser esquecida, o Vitória estreou com derrota na Copa do Nordeste.  No até logo ao Barradão, que será fechado para reformas, o Rubro-negro foi goleado pelo América (RN), por 3 a 0, na noite deste domingo (19).

O revés foi marcado pelas falhas da nova dupla de zaga da equipe. Lucas Zen, improvisado, e Dão decepcionaram e falharam nos gols marcados por Rafinha e Alfredo.

O Leão agora volta a campo na próxima quarta-feira (22). O time baiano enfrentará o Confiança, em Sergipe, pela segunda rodada da competição.

O jogo – O duelo começou com preocupação para o time potiguar. Logo aos 13 minutos, o time visitante perdeu Dener e Max por contusão. Jean Cléber e Alfredo entraram nos lugares dos lesionados.

Mas, o América não abaixou a cabeça e surpreendeu o Vitória aos 33. Após falha da zaga, Rafinha ficou livre na área e tocou sem chances para Wilson.

A coisa ficou pior para o Rubro-Negro quatro minutos depois. William Henrique, que já tinha recebido cartão amarelo por simulação, fez falta dura e foi expulso de campo.

Quem aproveitou o homem a mais foi o time do Rio Grande do Norte. Aos 40, a zaga do Leão voltou a errar e Alfredo aproveitou para ampliar o placar.

Atrás no marcador, Ney Franco voltou para o segundo tempo com uma alteração. Pedro Oldoni saiu para a entrada de Alan Pinheiro.

Mas, quem ampliou foi o Mecão. Aos 17, os visitantes trocaram passes com facilidade e Alfredo recebeu livre para tocar por cobertura e fazer o terceiro.

Com mais um gol sofrido, Ney Franco queimou suas duas últimas alterações. Willie e Euller entraram nos lugares de Escudero e Danilo Tarracha, respectivamente. Mas, as alterações não surtiram o efeito esperado e o Vitória colocou apenas uma bola na trave, com Alan Pinheiro, mas não conseguiu chegar ao gol.