Decisão da Libertadores

Uma estreia para ninguém botar defeito. No primeiro jogo como jogador o Corinthians, dois gols contra o Palmeiras, pelo Brasileirão. Nesta quarta-feira (27), na primeira partida da decisão da Taça Libertadores, mais um gol na conta do atacante Romarinho. Ao sair do banco de reservas, o novo xodó corinthiano selou o empate de 1 a 1 diante do Boca Juniors, na La Bombonera, e guardou todas as emoções para o Pacaembu. Na partida de volta, sem a vantagem de marcar gols fora de casa, qualquer outro empate levará a disputa do troféu para prorrogação.

Foto: Leo La Valle/EFE

 

O primeiro gol da partida foi do time argentino. O atacante Mouche cobrou escanteio e, de cabeça, Santiago Silva quase marca. O zagueir Chicão deu uma de goleiro e tirou a bola com a mão. O árbitro, pela movimentação do lance, não marcou pênalti e mandou o jogo seguir corretamente. O lateral Roncaglia apareceu e mandou a bola para o fundo do gol. O tento enloqueceu os torcedores do Boca, que não paravam de cantar.

Mas, quando todos já esperavam o triunfo dos donos da casa, brilhou a estrela do atacante Romarinho. Em campo há dois minutos, o jogador aproveitou um belo passe de Emerson e tocou por cobertura, na saída do goleiro Orión. Golaço e empate decretado na La Bombonera.

Fonte: Bahia Notícias