Corinthians 1 x 0 Bahia: Um vacilo e a derrota

O Corinthians, finalmente, voltou a fazer a alegria de sua torcida depois de 77 dias sem vencer em um final de semana. Apesar de uma apresentação fraca, o time alvinegro fez o suficiente para bater o Bahia, por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Pacaembu, em São Paulo, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida teve transmissão pela Rádio FI.

O grande salvador do Timão foi o atacante Emerson, que marcou o gol da vitória aos 13 minutos do segundo tempo. O lado negativo da atuação do jogo foi que ele acabou expulso nos minutos finais. Após receber o amarelo, o Sheik aplaudiu o árbitro ironicamente e levou o vermelho.

A vitória pode ter sido magra, mas sustenta o clube do Parque São Jorge na briga pela liderança. Hoje, é o vice-líder, com 47 pontos. Dois a menos que o líder Vasco. Além disso, o clube encerra a série de dois empates e sete derrotas em jogos de finais de semana. A última vitória havia sido em 10 de julho, quando bateu o Atlético-GO, por 1 a 0, em Goiânia.

Por outro lado, o Tricolor, apesar do tropeço, continua com uma diferença confortável para a zona de rebaixamento. Hoje, o clube baiano ocupa a 14ª colocação, com 30 pontos, contra 25 do Atlético-MG, que é o primeiro dentro da degola.

Faltou futebol
Embora tenha terminado o primeiro tempo com mais de 63% de posse de bola, o Corinthians não conseguiu transformar este domínio territorial em chances de gol. Prova disso, é que terminou a etapa com sete finalizações, mas apenas uma dela acabou acertando o gol.

Os primeiros 45 minutos, no geral, foi de poucas emoções. Por incrível que possa parecer, a melhor oportunidade foi do Tricolor. Aos sete minutos, o lateral Hélder cobrou escanteio da esquerda e o atacante Júnior cabeceou no travessão. No rebote, o zagueiro Titi cebeceou de novo e o goleiro Júlio César jogou para fora.

Nos minutos restantes, o que se viu foi o Timão esbarrando na forte marcação baiana e pouco assustando o goleiro Marcelo Lomba. Uma dessa raras chances aconteceu aos 17. O atacante Emerson cruzou da esquerda, Danilo ajeitou para Paulo André, que tentou uma bicicleta e mandou por cima do gol.

Sheik salva
O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro. O Corinthians tomava a iniciativa e esbarrava na retranca do Bahia. Para piorar, os visitantes quase chegaram ao gol aos nove minutos. Junior cruzou da esquerda, tentando encontrar Carlos Alberto, mas o lateral Fábio Santos afastou de cabeça. A sobra ficou com o volante Fabinho chutou por cima do travessão.

Aos 13 minutos, contudo, Emerson acabou com a agonia corintiana. O meia Alex cruzou pelo lado esquerdo, a bola passou por toda a área e so brou na segunda trave. O Sheik pegou de primeira e fuzilou para o fundo do gol. Um golaço, que levantou a Fiel nas arquibancadas.

O gol deu mais tranquilidade ao time alvinegro, que passou a controlar a partida e sem se expor em demasia. O final da partida foi de pouca emoção. O único lance que merece registro foi a expulsão infantil de Emerson, após aplaudir o árbitro por ter lhe dado um cartão amarelo.

Próximos Jogos
No próximo domingo, às 16 horas, o Corinthians volta a campo para o confronto direto contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. Enquanto isso, o Bahia joga contra o Avaí, no sábado, às 18 horas, em Pituaçu, em Salvador.

Local
Estádio do Pacaembu , em São Paulo

Árbitro
Evandro Rogério Roman-PR

Assistentes
Bruno Boschilia-PR e Gilson Bento Coutinho-PR

Renda
R$ 752.155,00
Público
23.765 pagantes

Cartões Amarelos
Corinthians:Alessandro, Paulo André, Emerson
Bahia:Fabinho, Carlos Alberto

Cartões Vermelhos
Corinthians:Emerson

Gols
Corinthians: Emerson 13′ 2T

Corinthians

Júlio Cesar;
Alessandro, Paulo André, Wallace e Fábio Santos;
Ralf, Edenílson, Danilo e Alex (Jorge Henrique);
Willian (Morais) e Emerson.

Técnico: Tite

Bahia

Marcelo Lomba;
Marcos, Paulo Miranda, Titi e Hélder;
Fahel, Fabinho, Camacho (Ricardinho) e Carlos Alberto (Maranhão);
Reinaldo (Zezinho) e Júnior.

Técnico: Joel Santana.

fonte: futebolinterior.com.br