Coreia do Sul conquista a primeira vitória na Copa do Mundo

Os gregos até tentaram impedir, mas os sul-coreanos foram melhores em campo e venceram a primeira partida da Copa do Mundo 2010. A terceira partida do Mundial da África do Sul deu espaço para o brilhantismo asiático. Em partida realizada no Estádio Nelson Mandela Bay, na cidade de Port Elizabeth, na manhã deste sábado, a Coréia do Sul venceu por 2 a 0 a seleção da Grécia, atual campeã da Eurocopa.

As duas seleções vêm mostrando uma evolução no seu futebol. A Coréia, depois de conquistar a incrível 4.ª colocação na Copa do Mundo da Coréia/Japão, em 2002, conseguiu uma campanha surpreendente nas Eliminatórias da Ásia, foi a única seleção asiática que não perdeu na competição, ao todo foram sete vitorias e sete empates.

A Grécia, atual campeã da Eurocopa, não apresentou o mesmo desempenho que a levou à conquista do campeonato europeu nos amistosos que antecederão o Mundial. Para o Paraguai, os gregos perderam por 2 a 0 e contra a Coréia do Norte não saiu do empate em 2 a 2.

Durante o primeiro tempo, a Grécia não se encontrou em campo. Conhecida por sua característica forte no setor defensivo, os gregos deram bobeira, no início do jogo, e a Coréia do Sul abriu placar logo aos 6 minutos. Depois de uma cobrança de falta da esquerda, Jung-soo aproveita a falha de marcação grega e completa livre de marcação para marcar.

Depois do gol, aos 10’, a Grécia busca chegar ao empate. Karagounis lança a bola na área e o goleiro Sung-ryong espalma e manda bola pela linha de fundo. Os gregos continuam acreditando nos cruzamentos, mas o goleiro sul-coreano, bem postado em sua meta, se antecipou na maioria dos lances e evitou o gol adversário.

Os sul-coreanos, aos 15’, aconteceu o lance mais polêmico do primeiro tempo. Chung-yong deu um chapéu no defensor grego, dentro da aera, e, na sequência, foi derrubado, mas o juiz nada marcou. Os jogadores reclamaram de pênalti.

Os gregos não têm dificuldade de criar jogadas de ataque devido à forte marcação sul-coreano. Com isso, os asiáticos dominaram a partida e tiveram a oportunidade ampliar o placar.

Em uma jogada de velocidade, aos 26’, o grego Charisteas recebe na direita, mas é desarmado pela zaga sul-coreana e, na seqüencia, armou a rapidamente o contra-ataque. Chu-young recebeu lançamento e partiu em velocidade e, frente a frente com o goleiro Tzorvas, bateu rasteiro e facilitou a defesa.

A Grécia errou muitos passes no meio de campo, com isso, o atacante Gekas ficou praticamente nulo na partida. Já os sul-coreanos, melhores em campo, continuaram em busca do segundo gol. Aos 36’, Cha cruzou, mas a defesa grega afastou o perigo.

Os gregos continuaram em busca do gol de empate, mas não conseguiam sucesso nas jogadas pela direita. Aos 43’, o goleiro sul-coreano quase colaborou para o empate. Depois de um cruzamento, o goleiro se atrapalhou com o sol e quase cedeu o empate.

No segundo tempo os gregos continuaram errando muito na marcação. A seleção sul coreana manteve a mesma postura do primeiro tempo e ampliaram logo aos 6’ ampliou o marcador. Depois de um erro grotesco da defesa grega o atacante Park, do Manchester United, saiu em velocidade e fez um belo gol.

Melhores em campo, aos 17’, a Coréia do Sul tem outra oportunidade, Cha, um dos melhores em campo, cruzou na área e co atacante Chu-young desperdiçou uma grande chance de fazer o terceiro gol ao cabecear para fora.

O técnico alemão Otto Rehhagel coloca em campo Kapetanos para dar mais movimentação na equipe Grega. A alteração mudou a postura da equipe e o jogo grego apareceu. Aos 25’, Salpingidis fez boa jogada pela esquerda e acinou Kapetanos. O atacante, dentro da área, falhou na finalização e mandou a bola pra longe da meta sul-coreana.

O jogo fica mais disputado, os sul-coreanos não se movimentavam com mesma velocidade e a Grécia cresceu no jogo. Aos 35’, a bola sobrou para Gekas, que girou e bateu bonito, mas o goleiro Sung-ryong fez uma importante defesa e evitou o gol grego.

Ficha Técnica

Coréia do Sul 2 x 0 Grécia
Local: Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth
Árbitro: Michael Hester-NZL
Cartões Amarelos: Ghu-young (Coréia do Sul)
Gols: Lee Jung-Soo 6’/1T e Park Ji-Sung 6’/2T (Coréia do Sul)

Coréia do Sul
Lee Woon-Jae; Oh Beom-Seok, Kim Dong-Jin, Cho Yong-Hyung e Lee Jung-Soo; Kim Jung-Woo, Ki Sung-Yong, Park Ji-Sung e Lee Chung-Yong; Park Chu-Young e Lee Dong-Guk
Técnico: Huh Jung-Moo

Grécia
Tzorvas; Papastathopoulos, Moras, Kyrgiakos e Vyntra; Katsouranis, Tziolis, Karagounis e Sâmaras; Salpingidis e Gekas
Técnico: Otto Rehhagel

foto: globo.com   fonte: futebolinterior.com.br