Com gol nos acréscimos, Vitória perde para o Ceará no Castelão

O Ceará acreditou. O Vitóra não. Resultado: com um gol aos 47 minutos do segundo tempo do atacante Washington, ex-jogador do Leão, o Alvinegro venceu por 1 a 0, neste domingo (23), no Castelão. Foi a segunda derrota em três jogos do Rubor-negro na competição.

Com o resultado, o Vitória permanece na 16ª posição, com apenas um ponto ganho. O Ceará chegou ao 3º lugar, com sete. Na próxima quarta-feira (26), o Leão volta a campo para enfrentar o Atlético-MG, no Barradão. A partida é válida pela quarta rodada do Brasileirão.

cearaxvitoria

Apesar do melhor início de jogo do Ceará, o Vitória armou a primeira jogada de perigo. Logo aos três minutos, Júnior arriscou de fora da área. A bola passou por cima do travessão de Diego. O Ceará, que não demorou a tomar conta do jogo, respondeu aos 10. Washington girou na entrada da área e bateu forte, rente à trave de Vinícius.

O time casa comandava as ações, mas a defesa do Vitória se comportava bem. Aos 23, Diogo chegou à linha de fundo e chutou cruzado. Bem colocado, Vinícius espalmou. Com dificuldades pelo meio, o Ceará passou a investir pelos lados. Aos 29, Diogo avançou livre pela direita e cruzou. Vinícius saiu de soco para afastar. Aos 32, o meia Heleno e o atacante Júnior se desentenderam e acabaram expulsos.

O Ceará manteve a mesma pegada no segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Vinícius teve que afastar com soco cruzamento de João Marcos. Diferente do primeiro tempo, o Vitória melhorou a conexão com o ataque e passou a contra-atacar. Aos 10, Elkeson recebeu em boas condições no ataque, mas foi travado na hora do chute. Aos 18, o Ceará levou perigo. Michel arriscou de longe, Vinícius espalmou nos pés de Misael, que isolou, para desespero da torcida alvinegra.

Aos poucos, o Vitória equilibrou a partida e passou a exigir da defesa adversária nos contra-golpes. Aos 24, Nino Paraíba arriscou de canhota da entrada da área. Diego fez ótima defesa. Mas o Ceará respondeu rápido. Aos 37, quase o time da casa abriu o placar. Erick Flores cobrou falta da esquerda, Misael cabeceou à queima-roupa, mas mandou nas redes pelo lado de fora. Aos 47, o Vitória foi punido. Misael fez boa jogada pela direita e cruzou para Washington só empurra para as redes.

Ceará x Vitória – 3ª rodada da Série A
Data: 23/05/2010
Estádio: Castelão, no Ceará
Arbitragem: Sandro Meira Ricci (DF), auxiliado por Enio Ferreira de
Carvalho (DF) e César Augusto de Oliveira Vaz (DF)

Ceará: Diego; Diogo (Oziel), Fabrício, Anderson e Hernandes (Eusébio); Michel, João Marcos, Geraldo (Erick Flores) e Heleno; Misael e Washington. Técnico: Paulo César Gusmão

Vitória: Vinícius; Nino Paraíba, Wallace, Reniê e Maurim; Ricardo Conceição (Neto Coruja), Vanderson, Uelliton, Renato (Jacson) e Elkeson (Schwenck); Júnior. Técnico: Ricardo Silva

Fonte: iBahiaFC