Coisa ficou feia

Com um futebol não tão diferente das últimas rodadas da Série A, o Bahia perdeu mais uma vez dentro de casa nesta Série A, desta vez para o Cruzeiro, por 1 x 0. Com 13 pontos, o tricolor permaneceu na décima oitava posição na tabela de classificação. E na próxima quarta-feira, para tentar se recuperar na competição, o time comandado por Caio Júnior vai encarar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas, às 20h30.

Foto: Max Haack

Tricolor vacila, toma gol e cresce no jogo
Bem montado taticamente, o Cruzeiro não demorou muito para abrir o placar no Pituaçu. Logo aos oito minutos, o lateral-direito Ceará avançou pelo lado esquerdo e cruzou na área. O volante tricolor Diones deu o rebote na entrada da grande área nos pés de Montillo. O argentino acertou um belo chute, rasteiro, no canto direito de Marcelo Lomba.

Dez minutos depois, a Raposa chegou assustando mais uma vez. O volante Lucas Silva recebeu passe na intermediária e soltou o foguete, tirando tinta da trave de Lomba. Um minuto após esse lance, os mandantes deram o troco. Zé Roberto tocou para Rafael, que dominou e bateu para o gol de Fábio, que defendeu.

Mas aos 35 foi a vez dos mineiros perderem uma chance inacreditável. Depois de roubar bola de Hélder na esquerda, Montillo entrou na área e passou na medida para Borges. O atacante baiano escorregou e errou o alvo, mesmo sem goleiro para interceptar o lance, que poderia deixar o tricolor com grandes problemas para o segundo tempo.

Bahia pressiona e não consegue o empate
Precisando reverter o quadro negativo da etapa inicial, o Bahia partiu com tudo para fazer o gol de empate e em boa jogada pela direita por pouco isso não aconteceu. Após receber passe de Rafael, que deu uma de garçom, o meia Gabriel, até então sumido no jogo, tentou o chute, mas a zaga cruzeirense travou.

A resposta do time mineiro foi aos 13. O lateral Marcelo Oliveira partiu com velocidade pela esquerda e tentou o cruzamento. Porém, o jogador errou e a bola, que chegou a acertar a trave, quase enganou Marcelo Lomba.

Aos 35, o tricolor levou perigo ao gol de Fábio. Gabriel foi lançado pela direita, driblou Marcelo Oliveira e chutou forte, ao lado do goleiro Fábio.

E antes de terminar o confronto, o tricolor ainda ficou perto do empate. Zé Roberto faz grande jogada na entrada da área, antes de deixar para Gabriel arriscar o chute. A bola bateu no zagueiro Thiago Carvalho e sobrou com a defesa mineira.

FICHA TÉCNICA
SÉRIE A
Bahia 0 x 1 Cruzeiro
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 11/08/2012
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ).
Público: 8.946 pagantes
Renda: R$124.920,00

Bahia: Marcelo Lomba; Diones (Gil Bahia), Danny Morais, Titi e Hélder; Fabinho (Lulinha), Fahel; Gabriel, Zé Roberto e Mancini; Rafael (Caio). Técnico: Caio Jr.

Cruzeiro: Fabio; Ceará (Diego Renan), Léo, Thiago Carvalho e Marcelo Oliveira; Leandro Guerreiro, Charles, Lucas Silva e Montillo (Souza); Wellington Paulista e Borges (Anselmo Ramon). Técnico: Celso Roth.

Fonte: Bahia Noticias