Chegou o dia: Bahia e Vitória se enfrentam em Pituaçu

Um clássico como o BaVi é diferente de tudo. Há uns que tentam colorir a cidade de azul, vermelho e branco, enquanto outros dispensam as três cores pela charmosa combinação em vermelho e preto.

Para saber de que cor ficará a cidade nos próximos dias, só nos resta esperar pelo resultado do primeiro BaVi das semifinais do Campeonato Baiano, domingo, no Estádio Metropolitano de Pituaçu.

A escalação do Bahia é uma verdadeira incógnita para o torcedor. A goleada sofrida por 5 x 0 para o Atlético Paranaense, pela Copa do Brasil, deixou o ambiente no Fazendão pesado, além de conturbar os pensamentos de René Simões;

O treinador tricolor não terá Lulinha, que foi vetado pelo Departamento Médico. Robert e Jancarlos ficaram fora da relação por opção técnica. A boa notícia ficou por conta do retorno de Ávine, que já deve ser titular.

Quem também deve ganhar uma vaga no time é o volante Rafael Jataí. As más atuações de Camacho e Helder diante do Furacão parecem ter lhes custado a titularidade. Ramon também voltou a ser relacionado e deve começar jogando.

Pelo lado do Vitória o técnico Antônio Lopes não tem muito que mexer na equipe para domingo. O time será o mesmo que vem atuando no decorrer do campeonato. Lopes fez um treino secreto na quarta-feira onde consertou o posicionamento de alguns jogadores.

O treinador rubro-negro tem todo o elenco à disposição, sem nenhum problema de cartão, suspensão ou contusão. Entre os atletas relacionados, a novidade foi a presença de Arthur Maia, jovem que disputou a Copa São Paulo no inicio do ano.

Com a melhor campanha do Campeonato, o Vitória joga por dois resultados iguais para se classificar às finais da competição, enquanto o Bahia precisa vencer em Pituaçu para reverter a vantagem do Leão. Agora é só comprar as tintas e esperar o fim do jogo.

Ficha técnica:

Bahia: Omar, Marcos, Thiego, Titi e Ávine; Rafael Jataí, Marcone, Ramon e Maurício; Zezinho e Souza

Técnico: René Simões.

Vitória: Viáfara, Nino, Alison, Léo Fortunato e Eduardo Neto; Esdras, Uelliton e Mineiro; Nikão, Geovanni e Elkeson.

Técnico: Antônio Lopes.

Local: Estádio Metropolitano de Pituaçu, Salvador
Data: 24.04.2011 – Domingo
Hora: 16h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gassen (SP) e Márcio Estáquio Santiago.