Publicidade


Chegou a vez de encarar a Holanda

Com informações vindas direto da África do Sul, as seleções de Brasil e Holanda estão pré-confirmadas, “nos bastidores”, pelos técnicos das duas equipes. A seleção holandesa deve ir a campo com força máxima, já o Brasil não poderá contar com Elano e Ramires, machucado e suspenso, respectivamente.

O meia Sneidjer da Holanda fala em revanche e diz não temer o Brasil. Já os brasileiros esperam repetir os feitos de 1994-98, quando eliminaram por duas copas seguidas a seleção laranja.

As duas seleções se enfrentaram três vezes em Copas do Mundo. O Brasil se deu bem em dois confrontos e a Holanda em um deles. Em 1974 a seleção Batava venceu o Brasil por 2 a 0. Em 1994 veio o troco brasileiro com um 3 a 2 emocionante. Na Copa de 1998, na França, houve o confronto mais equilibrado. O jogo foi 1 a 1 no tempo normal e 0 a 0 na prorrogação. Nos pênaltis o goleiro brasileiro Taffarel defendeu duas cobranças e o Brasil venceu por 4 a 2, avançando para a final daquele mundial.

Brasil e Holanda se enfrentam nessa sexta-feira(02), as 11h00, no estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth. A partida é válida pelas quartas-de-finais da Copa do Mundo.

Brasil

Júlio César; Maicon; Lúcio; Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva; Felipe Melo; Daniel Alves e Kaká; Robinho e Luís Fabiano

Ténico: Dunga

Holanda

Stekelemburg; Van der Wiel; Heitinga; Mathijsen e Von Bronckhorst; De Jong; Van Bommel; Kuyt e Sneidjer; Robben e Van Persie

Técnico: Bert Van Marwijk