Cerezzo se coloca à disposição do Vitória

Grande ídolo da torcida do Vitória, o treinador Toninho Cerezo, quarto colocado com o rubro-negro no Campeonato Brasileiro de 1999, conversou nesta manhã com o Bahia Notícias. Apesar de desmentir que conversou com o presidente do Leão, Alexi Portela, nesta manhã de domingo, o ex-jogador se colocou à disposição do clube para tirá-lo da atual situação na Série B.
– Estou à disposição do Vitória sempre. Não recebi nenhuma ligação do clube, mas quero ajudar se assim for solicitado. Sempre estou em Salvador e tenho um carinho muito grande pelo Vitória, que me projetou nacionalmente para a carreira de treinador – revelou.
No ano passado, logo após a queda de Toninho Cecílio, ele foi chamado pelos dirigentes rubro-negros para assumir o grupo, mas preferiu negar por conta de problemas pessoais.
– No ano passado tive o convite e fui pessoalmente negar ao presidente Alexi Portela, que me pareceu ser uma excelente pessoa. Ainda brinquei com ele e disse que se quisesse estaria no comando do clube este ano e ele daria o preço.
Perguntado sobre o momento delicado do clube na temporada, que está perto da zona de rebaixamento para a Série C, Toninho foi direto.
– O futebol tem altos e baixos e esse não é o melhor momento do Vitória. Ano passado o time chegou a final da Copa do Brasil e caiu para a segunda divisão. Acontece. Quero ajudar se for chamado.

fonte: bahianoticias.com.br

Vetado para o jogo deste sábado, o atacante Neto deve reunir condições de voltar ao time contra o Salgueiro, dia 6 de agosto, às 16h20, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista, Região Metropolitana de Recife. O atacante se queixava de uma “dorzinha” na parte posterior da coxa esquerda e, por isso, o médico Ivan Carilo decidiu pelo seu afastamento do jogo contra o Boa Esporte.

Dois jogadores deixaram o campo machucados e serão avaliados na segunda-feira, pela manhã, quando da reapresentação. O zagueiro Alison saiu ainda no primeiro tempo após forte torção no tornozelo direito ao tentar cruzar uma bola na área do adversário.

O meia Lúcio Flávio machucou o tornozelo esquerdo e a exemplo de Alison iniciou tratamento no vestiário. O zagueiro saiu do clube andando com auxílio de um par de muletas porque está com um edema bastante acentuado.

Alison tentou continuar em campo, mas o tornozelo inchou e o capitão acabou substituído no primeiro tempo.