Publicidade


CBF obtém nova liminar no STF que veta abertura de contratos na CPI

CBF obtém nova liminar no STF que veta abertura de contratos na CPI
O STF (Supremo Tribunal Federal) aceitou pedido de mandado de segurança da CBF e vetou a abertura dos contratos de patrocínio da entidade na CPI do Futebol.

Os parlamentares já fizeram até agora três requerimentos para ter acesso aos documentos da entidade. O que foi vetado nesta sexta-feira (11) pelo ministro Marco Aurélio Mello era um pedido do relator da comissão, o senador Romero Jucá (PMDB-RR). Ele pediu a entrega de papéis referentes a relação da renda obtida com bilheteria e comercialização de direitos de transmissão dos jogos da seleção, acordos com patrocinadores desde 2002, relação dos recursos recebidos da CBF em decorrência de acordo com a Fifa referente à organização da Copa do Mundo de 2014.

Conteúdo site folha.com