Caso Índio

A fase não está nada para o atacante Índio. Afastado do elenco do Vitória, o jogador colocou o clube na Justiça alegando falta de pagamentos do seu FGTS no período em que atuou por empréstimo no futebol Sul-Coreano.

Foto: Maurício Naiberg

 

Nesta terça-feira (13), o advogado do rubro-negro, Manoel Machado, revelou o resultado da sentença. A Justiça deu causa ganha ao Leão.

Na defesa contra as acusações do atleta, o clube comprovou que o contrato de Índio foi suspenso enquanto ele esteve fora do país. Por isso, o Vitória não teve obrigação de recolher o FGTS do atacante.

Fonte: Galaticosonline.com