Carpegiani continua confiante

Depois de 11 rodadas, o Vitória deixou a liderança da Segundona escapar. O Criciúma goleou o Boa Esporte e aproveitou o tropeço rubro-negro diante do Paraná para assumir a ponta do campeonato. Apenas um ponto separam as equipes e o técnico Paulo César Carpegiani mantém-se confiante na briga pelo título nacional. Para ele, é preciso deixar a derrota para trás e vencer os próximos jogos, principalmente os que serão disputados em casa nas duas rodadas que estão por vir, contra ASA e Atlético-PR.
“Vamos tratar de buscar essa liderança. Sei onde erramos e vamos remontar forças. Temos um jogo na terça e outro no final de semana. Os dois em casa. Temos que fazer o serviço de casa e vencer esses dois jogos”, projeta Carpé, que reconheceu a queda de rendimento da equipe no returno da Série B. “É normal que você não tenha a mesma condição de jogo ao longo do campeonato”.

A derrota por 3 a 1 para o Paraná evidenciou algumas deficiências do Leão, que pouco criou na partida. Entretanto, Carpegiani acha importante dar mérito também ao adversário. “Não fizemos um bom jogo, mas não posso desmerecer a equipe do Paraná. Eles criaram dificuldades. O Paraná fez uma partida inteligente. Foi um resultado justo”. Para o treinador, a ansiedade, mais uma vez, acabou sendo o calcanhar de aquiles rubro-negro. “Essa ânsia e angústia no momento em que estamos atrapalha. Temos que pensar jogo a jogo”. O Vitória tem 60 pontos.

Conteúdo:Da Redação  iBahia