Publicidade


Brasileirão: Fluminense vence e fica perto do título

O Fluminense ficou com a mão no título do Campeonato Brasileiro de 2010, neste domingo, ao término da 37.ª rodada, a penúltima da temporada. O Fluzão manteve a liderança isolada, agora com 68 pontos, ao vencer o Palmeiras, por 2 a 1, de virada na Arena Barueri.

O Corinthians manteve a vice-liderança, com 67 pontos, ao vencer o Vasco da Gama, por 2 a 0, no Pacaembu.

A rodada definiu o terceiro rebaixado para a Série B. É o Guarani, que perdeu do Grêmio, por 1 a 0, e se junta aos já rebaixados Grêmio Prudente e Goiás. A quarta vaga ficará entre Vitória e Atlético-GO. Ou seja, outros clubes se safaram nesta rodada: Avaí, Flamengo e Atlético MIneiro.

Título na última rodada
A disputa pelo título, agora, fica centrada na última rodada, quando os líderes vão enfrentar times rebaixados. O Fluminense só depende de suas forças, ou seja, de uma vitória em casa, no Engenhão, diante do rebaixado Guarani.

O Corinthians vai ter que vencer o também rebaixado Goiás, no Estádio Serra Dourada, precisando vencer e torcendo por um tropeço do Fluzão. Uma mala branca gorda de R$ 1 milhão já teria sido oferecida para o time campineiro roubar um empate no Rio de Janeiro. O Cruzeiro ainda corre por fora, como grande zebra.

As vitórias dos líderes
Na Arena Barueri, o Palmeiras abriu o placar com Dinei, logo de início. Mas o Fluminense foi soberano e virou o placar com gols de Carlinhos e Tartá – que entrou no lugar de Deco, machucado. O Palmeiras, agora fora da Copa Sul-Americana, ficou com 50 pontos.

No Pacaembu, na base do “vamos que vamos”, o Timão venceu o Vasco com gols de Bruno César e Danilo. O time carioca continuou com 46 pontos, na zona da Sul-Americana.

Raposa na briga
O Cruzeiro se manteve na corrida pelo título. Vai correr por fora. Em Volta Redonda, de virada, venceu o Flamengo, por 2 a 1, com gols de Roger e Thiago Ribeiro. O time carioca abriu o placar com Diego Maurício.

A vitória deixou a Raposa com 66 pontos, em terceiro lugar. Pode ser campeão se vencer o Palmeiras em casa e os lideres – Fluminense e Corinthians – perderem. O Flamengo, mesmo perdendo, com 43 pontos, está livre do rebaixamento. Uma posição ruim para o campeão brasileiro do ano passado.

Vaga na Libertadores
O Grêmio se manteve como favorito à quarta vaga brasileira na Copa Libertadores ao vencer o Guarani, por 3 a 0, em Campinas, com gols de André Lima, de cabeça, de Jonas, de pênalti, e de Diego Clementino – que sempre entra no final e faz seus gols. O tricolor gaúcho chegou aos 60 pontos, mantendo a quarta posição isolada. Com 40 pontos, conquistou o título simbólico do segundo turno. Jonas, com 22 gols, lidera a artilharia, quatro gols na frente de Neymar, do Santos.

E a vitória em Campinas, derrubou o Guarani, que tinha subido ano passado. Já era um fato esperado depois da falta de planejamento da diretoria e do presidente Leonel Martins de Oliveira e da passividade do técnico Vágner Mancini. Com 37 pontos, em 18.º lugar, o Guarani não tem mais chances matemáticas de continuar no Brasileirão, voltando para a Série B um ano após subir.

Em 2011, ano de seu centenário de fundação, o Guarani vai disputar a seguda divisão paulista – Série A2 – e a segunda divisão nacional – Série B.

Botafogo ainda sonha
No Engenhão, o Botafogo também ficou na briga pela Copa Libertadores ao vencer o rebaixado Grêmio Prudente, por 2 a 1, com gols de Antônio Carlos, de cabeça, e de Edno. Para os paulistas marcou William Henrique. O time carioca é quinto colocado, com 59 pontos.

O Atlético-PR ficou quase fora desta briga ao empatar por 1 a 1 com o Ceará, em Fortaleza. O Furacão ficou com 56 pontos e vai precisar vencer na última rodada e torcer por tropeços de Grêmio e Botafogo.

Avaí, de Benazzi, livre
Na briga para fugir da degola, o resultado mais expressivo foi conseguido pelo Avaí que venceu o Santos, por 3 a 2, de virada. O Peixe abriu dois a zero com gols de Keirisson e Neymar, mas depois levou a virada com três gols de Caio.

O Avaí saltou para 14.º lugar, com 43 pontos, deixando a zona de rebaixamento. E se livrando do rebaixamento de forma milagfrosa, graças ao trabalho do técnico Vagner Benazzi.

Houve uma grande festa na Ressacada, que estava lotada. Na última rodada, o Avaí vai enfrentar, para cumprir tabela, fora de casa, o Atlético-PR, que sonha com uma vaga na Libertadores.

Atlético-GO ou Vitória
Em Goiânia, com o apoio de quase 30 mil torcedores, o Atlético-GO vacilou ao empatar, por 1 a 1, com o São Paulo. Este resultado deixou o Dragão ainda ameaçado, em 16.º lugar, com 41 pontos. Está igual em pontos com o Vitória, que empatou fora de casa com o Internacional, por 1 a 1, no Beira Rio.

Eles vão brigar diretamente para não ser o quarto rebaixado. O duelo acontecerá no Estádio Barradão, em Salvador. Quem vencer escapa. O empate é do Atlético-GO, que leva vantagem no número de vitórias: 11 a 9.

Galo escapa
Fazendo bem seu papel de mandante, o Atlético Mineiro venceu o rebaixado Goiás, por 3 a 1, e se livrou do rebaixamento. O Galo chegou aos 45 pontos, em 13.º lugar, mostrando que o trabalho do técnico Vanderlei Luxemburgo não surtia o efeito esperado. O mesmo Luxemburgo que teve uma pasagem sofrível no Flamengo.

A última rodada começa no meio de semana e deve ter alguns jogos antecipados para sábado. Confira!

Confira os resultados da 37.ª rodada:

Palmeiras 1 x 2 Fluminense
Corinthians 2 x 0 Vasco da Gama
Flamengo 1 x 2 Cruzeiro
Atlético-MG 3 x 1 Goiás
Atlético-GO 1 x 1 São Paulo
Guarani 0 x 3 Grêmio
Botafogo 3 x 1 Grêmio Prudente
Avaí 3 x 2 Santos
Ceará 1 x 1 Atlético-PR
Internacional 1 x 1 Vitória