Brasil x Gana – Mano tem nova chance para convencer

O  técnico Mano Menezes ainda não conseguiu dar um padrão de jogo condizente as tradições do país. Nesta segunda-feira o treinador comanda a seleção pentacampeã em novo teste, e um tropeço pode deixa-lo em situação delicada. O adversário é a perigosa seleção de Gana, às 15h45 (de Brasília), no estádio Craven Cottage, em Londres.

No último amistoso realizado pela Seleção Brasileira, contra a Alemanha, a equipe comandada por Mano Menezes perdeu por 3 a 2 e mostrou muitas deficiências. Jogando um futebol defensivo, contrariou o preconizado pelo treinador quando assumiu o cargo. O retrospecto de Mano na Seleção também é modesto. Foram 13 jogos, com seis vitórias, quatro empates e três derrotas, com aproveitamento de 56% dos pontos.

A preocupação maior é que todas as vitórias do treinador foram sob países de pouca tradição no futebol. Já quando pegou seleções fortes, perdeu todas, para Alemanha, França e Argentina. O país africano, no entanto, não pode ser considerado “galinha morta”. Gana foi quadrifinalista na Copa do Mundo da África do Sul, no ano passado, e inspira muitos cuidados, sendo considerada a melhor seleção da África no momento.

Mas no que depender do retrospecto, Mano menezes pode respirar aliviado. Nas três partidas anteriores , o Brasil venceu todas contra Gana. Em 1996, aplicou uma sonora goleada por 8 a 2; em 2006, vitória por 3 a 0 pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Alemanha; e em 2007, o Brasil bateu Gana por 1 a 0, em jogo amistoso.

“É uma escola bem diferente. Tem momentos da partida que todos atacam, e outros que todos defendem. Será muito difícil, mas com a experiência da nossa Seleção e a característica ofensiva podemos ganhar”, afirmou o zagueiro brasileiro Thiago Silva.

Quarteto “brazuca” é a aposta
A grande novidade no Brasil será a presença de Ronaldinho Gaúcho, afastado há tempos da seleção brasileira. O astro do Flamengo foi confirmado no time titular ao lado de outros três jogadores que atuam no futebol brasileiro: Paulo Henrique Ganso e Neymar, do Santos, e Leandro Damião, do Internacional.

Os quatro, aliás, são os únicos que atuam no Brasil que estarão no time titular. A defesa terá mais uma vez Júlio César no gol, Daniel Alves na lateral-direita, e Lúcio e Thiago SIlva na zaga. Na lateral-esquerda a novidade é Marcelo, do Real Madrid, que entra no lugar do contestado André Santos. Junto a Ronaldinho Gaúcho e Paulo Henrique Ganso, o meio-campo terá ainda Lucas Leiva e Fernandinho.

A escalação do Brasil será a 13ª diferente em 14 jogos sob o comando de Mano Menezes. “O Mano esta buscando a sua melhor versão da equipe. É normal essa busca e esse entra e sai de jogadores até se construir uma equipe. O conjunto vem com o tempo”, disse Daniel Alves.

Gyan é dúvida, mas diz que joga

Atacante pode desfalcar Gana
Na seleção de Gana, o atacante Asamoah Gyan, um dos principais jogadores do país e que defende o Sunderland, da Inglaterra, pode ser a baixa do técnico Goran Stevanovic. Ele sofreu uma contusão no tornozelo no jogo contra a Suazilândia, pelas Eliminatórias da Copa Africana de Nações, quando Gana venceu por 2 a 0. O atacante, no entanto, garante que estará em campo.

A perigosa seleção de Gana joga no tradicional esquema 4-4-2 britânico, com duas linhas de quatro. As principais características do país africano são a força física e a saída em velocidade quando tem a bola nos pés. O modo de jogar de Gana ode complicar o time de mano Menezes, que se compica quando enfrenta equipes velozes.

Ficha Técnica

Brasil x Gana
Fase
Única
Rodada
Data
05/09/2011
Horário
15h45
Local
Estádio Craven Cottage, em Londres

Brasil

Julio César;
Daniel Alves, Lucio, Thiago Silva e Marcelo;
Lucas Leiva, Fernandinho, Ronaldinho Gaúcho e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Leandro Damião.

Técnico: Mano Menezes.

Gana

Kwarasey;
Paintsil, Vorsah, Mensah e Opare;
Annan, Asamoah, Badu e Ayew;
Adyah e Gyan.

Técnico: Goran Stevanovic.