Brasil fecha preparação para a Copa na casa da seleção da Era Dunga

Dunga e sua seleção disputaram 52 jogos. O desta terça será o quinto no Emirates

A seleção faz a última partida antes da convocação final para a Copa do Mundo nesta terça-feira, no Emirates Stadium. Os torcedores podem estranhar, mas o estádio, localizado em Londres, na Inglaterra, virou a casa do Brasil nesta “Era Dunga”.

O Emirates Stadium é a “casa” da seleção brasileira na Era Dunga

O Emirates é o estádio que mais vezes acolheu a seleção brasileira após a Copa do Mundo de 2006. Esta vai ser a quinta partida na casa do Arsenal. O primeiro jogo acontecer em 2006. Goleada por 3 a 0 sobre a Argentina, gols de Kaká e Elano (2). Em 2007, o Brasil perdeu para Portugal por 2 a 0. Em 2008 vitória sobre a Suécia por 1 a 0, na estreia de Alexandre Pato. E no ano passado, um triunfo sobre a Itália por 2 a 0, gols de Elano e Robinho. Os cinco jogos no estádio ocorreram por causa de um contrato fechado pela CBF com uma empresa, que fechou jogos da seleção pelo continente europeu.

– Foram muitos jogos aqui no estádio, estamos acostumados e já conhecemos bem o campo. Esperamos jogar bem – disse o meia Julio Baptista.

Com a maioria dos jogadores atuando no futebol europeu, o Brasil passou a atuar com mais freqüência na Europa. Desde que Dunga assumiu a seleção foram 15 jogos no “Velho Continente”, com 11 vitórias, três empates e apenas uma derrota, justamente para Portugal no Emirates Stadium. Esta nova tendência fez o Brasil enfrentar o Equador, o Chile e Gana na Suécia; a Turquia na Alemanha e a Argélia na França.

Dunga e sua seleção disputaram 52 jogos. O desta terça será o quinto no Emirates

Na Era Dunga, o Brasil disputou 52 jogos em 23 países diferentes. Deles, apenas dez partidas foram no Brasil. Ocorreram ainda sete duelos na Venezuela (seis durante a Copa América de 2007), seis na Inglaterra (todos amistosos), cinco na África do Sul (durante a Copa das Confederações), quatro nos Estados Unidos e três na Suécia. Noruega, Kuwait, Qatar, Omã, Suíça, Alemanha, França, Colômbia, Peru, Irlanda, Paraguai, Chile, Uruguai, Equador, Estônia, Argentina e Bolívia receberam um jogo cada.

Apesar de o Emirates ser um estádio novo, ele é especial para um jogador da seleção brasileira. O volante Gilberto Silva faz parte da história do local. O brasileiro marcou o primeiro gol do Arsenal no estádio em uma competição oficial. Foi no empate por 1 a 1 contra o Aston Villa, em 19 de agosto de 2006, pelo Campeonato Inglês.

– É sempre muito bom voltar a Londres. Esse gol sem dúvida me marcou. Estávamos perdendo por 1 a 0 no nosso primeiro jogo oficial no estádio. Tive a felicidade de fazer o gol de empate, faltando cinco minutos para terminar, e foi um bonito gol. Ficou marcado na história do estádio e do Arsenal – disse Gilberto Silva.

Fonte: Globo.com