Benazzi “pega leve” com jogadores

O fitness center do hotel no centro da cidade de Curitiba foi o local escolhido pela comissão técnica para encerrar a preparação do time do Vitória que joga contra o Paraná Clube, nesta sexta-feira, às 20h30, no Estádio Durival de Brito.

Somente dois jogadores compareceram ao CT do Caju, de propriedade do Atlético do Paraná: os goleiros Fernando Leal e Douglas para treinar com o preparador Luciano Oliveira Júnior.

Antes de a delegação deixar a chácara Vidigal Guimarães para o Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, o fisiologista Valter Abrantes fez uma avaliação do nível de cansaço dos 19 jogadores relacionados para a partida, e relatou para o preparador físico Ednilson Sena e o técnico Vagner Benazzi. Em comum acordo, a comissão decidiu não exigir dos atletas na véspera do jogo.

Como somente depois do meio-dia a delegação desembarcou no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, os jogadores almoçaram depois das 13 horas e a comissão técnica decidiu que eles não saíram do hotel para aproveitar ao máximo o tempo de descanso.

Ednilson programou uma atividade leve no fitness center somente para movimentar os jogadores. “Como a gente costuma dizer: ‘para tirar o avião das costas”.

Nesta sexta-feira, o despertar será livre com limite para o café até às 10 horas. A intenção é deixar o grupo guardando energia para a importante partida diante do Paraná Clube.

Vagner Benazzi não antecipou a escalação time porque ainda tem algumas “probleminhas” a resolver. O técnico relacionou 19 jogadores, incluindo o recém-contratado meia-esquerda Gilberto, e o lateral Elton, que sofreu uma lesão no joelho no mês de março, durante o Campeonato Baiano, e ficou sem jogar este período.

Os desfalques da equipe são o zagueiro Alison (expulso contra a Ponte Preta), o lateral-esquerdo Fernandinho (dores musculares na coxa esquerda) o volante Uelliton (lesão muscular) e o atacante Fábio Santos (três cartões amarelos). Além deles, os volante Preto (machucado no tornozelo esquerdo) e Neto Coruja (contusão muscular na parte posterior da coxa esquerda) continuam afastados.

Volta o goleiro Fernando Leal, que não enfrentou a Ponte Preta, terça-feira porque cumpria suspensão do terceiro cartão amarelo.