Benazzi não define titulares

O fato de ter treinado quinta-feira com três zagueiros e três volantes não significa que o Vitória terá esta formação para enfrentar o Goiás, neste sábado, às 16h20, no Barradão. O técnico Vagner Benazzi segue indefinido sobre a melhor escalação e prefere refletir um pouco mais para escolher o time certo, “pois a partir de agora todo jogo é uma decisão”.

“Neste momento estamos precisando de apoio, de empurrão, de fazer o time para frente e vocês (imprensa) vão gostar da equipe (que for escalada). Espero um grande jogo e complicado pelo bom time do Goiás”, disse Benazzi, despistando sobre a escalação.

Na verdade, o técnico tem uma ideia do time que vai escalar, porém, estuda um pouco mais o adversário que subiu de produção depois que trocou de treinador.

“Temos que ficar espertos para colher um bom resultado e precisamos desse bom resultado para dar sequência a uma boa pontuação”.

O treinador voltou a falar da importância da torcida apoiar a equipe e repetiu: “Enquanto a matemática for favorável, vou acreditar”. Com 41 pontos, a oito do terceiro colocado, o rubro-negro precisa a partir do jogo deste sábado alavancar uma sequencia de triunfos e brigar pelo retorno à Série B.

“Nós só pensamos na classificação. Nosso objetivo é esse. Vencendo o Goiás, ficamos a seis pontos e vamos ter os confrontos contra o Americana e contra o Náutico”, lembrou o meia Xuxa durante a coletiva na quinta-feira.

Um dos mais experientes do time, o meia-atacante Geovanni, que está de volta após cumprir suspensão, mostra-se confiante: “A resposta vamos dar em campo, jogando para ganhar os pontos que precisamos”.

Eleito o melhor lateral-esquerdo da rodada passada e considerado o segundo melhor assistente da Série B, o lateral-esquerdo Fernandinho disse durante a entrevista no início da semana: “Independente de quem não acredite, ainda que seja o nosso torcedor, nós acreditamos e estamos treinando no intuito de subir”.

Focados no Goiás, os jogadores pedem ao torcedor paciência. As vaias devem ser evitadas e toda pressão colocada em cima do adversário: “Esse é o clima que enfrentamos fora de casa”, lembra o goleiro Douglas, mais uma vez titular depois da boa apresentação contra o Bragantino.

Os jogadores iniciaram a concentração depois do treino recreativo na manhã desta sexta-feira. Na relação, as novidades são os retornos de Geovanni, Alison, que cumpriram suspensão, Geraldo, Fernando, Lúcio Flávio, que não foram relacionados para o jogo em Bragança Paulista, e Uelliton, recuperado de contusão.