Bem na fita!

A missão do Vitória em Natal era manter a boa fazer e trazer mais três pontos fundamentais para se aproximar dos líderes do Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, o Leão precisou de mais de 90 minutos para garantir o triunfo. No último minuto, Victor Ramos conseguiu abrir o placar, dando aos visitantes, que foram melhor durante todo jogo, uma vitória justa. Com a vitória, o rubro-negro continua dentro do G-4, na terceira colocação, com 19 pontos. Na próxima terça-feira (10), o adversário é o Paraná, no Barradão.

Foto: Agência Haack

 

Primeiro tempo morno e um Vitória sem criatividade
Com os dois times precisando da vitória, a expectativa era de uma partida aberta, com os adversários buscando o ataque. Na primeira chegada do ABC, Raul invadiu a área e caiu pedindo pênalti, mas o árbitro Wagner Reway mandou seguir. Enquanto isso, O Vitória começou trocando passes no meio de campo, buscando aproveitar as falhas dos donos da casa, já que encontrava dificuldade em se infiltrar no meio campo da equipe capixaba.

Em boa jogada individual de Tarta, aos 20 minutos, Neto Baiano teve a oportunidade de abrir o placar para o Leão. O atacante recebeu na área, mas bateu mal, o que facilitou a defesa do goleiro Andrey. Apesar da maior posse de bola do Vitória, foi o ABC que criou a melhor chance, aos 22 minutos. O gol até saiu, no entanto, o lance estava impedido. Os donos da casa chegaram pelo meio, Énderson mandou para o gol, porém o bandeirinha já marcava impedimento.

ABC melhora e Douglas salva no fim do primeiro tempo
Para o Vitória, faltava caprichar na criação das jogadas. O Leão tinha volume de jogo, trocava bem passes, mas não conseguia transformar as vantagens em lances perigosos. Enquanto o rubro-negro não aproveitava a superioridade, o ABC buscava surpreender os visitantes. E foi isso que Washington tentou fazer. Aos 35 minutos, de longe, o atacante viu Douglas adiantando e arriscou. O goleiro do Vitória conseguiu se recuperar e, com as pontas dos dedos, mandou por cima do gol. No lance seguinte, mais pressão dos donos da casa. Em mais uma jogada de Washington, o arqueiro rubro-negro teve que fazer mais uma boa intervenção.

Nos minutos finais, mais blitz do ABC. Os donos da casa não abriram por pouco. Énderson chutou para o gol, mas a bola bateu em Nino. Washington tentou novamente, Douglas espalmou, a bola sobra para Pedro Silva, que chutou fraco e a defesa do Vitória conseguiu afastar o perigo.
Vitória volta mais perigoso e no último minuto conseguiu o triunfo
No segundo tempo, Rodrigo Mancha foi sacado do time do Vitória para a entrada de Michel. Assim como na primeira etapa, o Leão começou com mais posse de bola e pressionando o ABC. A pressão deu certo aos 5 minutos, quando Marco Aurélio por pouco não abriu o placar. Mais agressivo, o rubro-negro pecava na finalização da jogada. Com Nino Paraíba como opção ofensiva, os baianos chegavam pelo lado direito. Aos 15, o lateral invadiu a área, mas ao invés de tocar para Pedro Ken, preferiu tentar jogada individual e acabou perdendo boa chance de gol.

Aos 22, o ABC ensaiou uma recuperação, mas falhou no último passe. Alvinho demora de finalizar dentro da área e quando chuta, a bola sai fraca para a defesa de Douglas. Um minuto depois, Alison invadiu a área, mas o arqueiro do rubro-negro espalmou. Apesar do susto, o Vitória continuava com a maior posse de bola, no entanto, errando muitos passes. Sem o ímpeto do início do segundo tempo, as jogadas ofensivas do Leão diminuíram. Para facilitar para o rubro-negro, aos 43, o volante Guto foi expulso. E logo em seguida o Vitória tentou aproveitar a vantagem numérica. Aos 45 minutos, Pedro Ken cruzou na área, Neto Baiano cabeceou, mas o goleiro Andrey conseguiu ficar com a bola. Dois minutos depois, outra chance ainda mais perigosa. Em novo cruzamento de Ken, o atacante cabeceia novamente, mas o arqueiro do ABC salva. Mas o gol veio no último minuto. Victor Ramos, após cobrança de escanteio, finalmente tirou o 0 x 0 do placar.

FICHA TÉCNICA
SÉRIE B
ABC 0 x 1 Vitória
Local: Estádio do Frasqueirão, em Natal (RN).
Data: Sábado, 7 de julho.
Horário: 16h20.
Árbitro: Wagner Reway (Asp. FIFA/MT).
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho (CBF/MT) e Thyago Costa Leitão (CBF/PI).

ABC: Andrey, Pedro Silva (Edson), Alison, Eduardo e Renatinho Potiguar (Ayrton); Guto, Bileu, Jérson e Raul; Éderson (Alvinho) e Washington. Técnico: Ademir Fonseca.

Vitória: Douglas; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Mansur; Uelliton, Rodrigo Mancha (Michel), Pedro Ken e Tartá (Eduardo Ramos); Marco Aurélio (William) e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Fonte: Bahia Notícias