Barradão

A perda do título da Copa do Brasil e o rebaixamento na Série A do Campeonato Brasileiro, em 2010, aliados à perda do título Estadual e à derrota para o São Caetano que frustrou os planos de retornar à elite do futebol nacional, em 2011, deram ao Estádio do Vitória, o Barradão, a pecha recente de um habitat inofensivo.

Foto: Agência Haack

 

Entretanto, decorridos quase seis meses de 2012, o cenário que retrata a importância do lar rubro-negro já é um grande alento para a torcida: atuando em seus domínios, o Vitória ainda não perdeu nesta temporada. É com este trunfo que o time entra em campo às 16h20 deste sábado, 2, contra o Ipatinga, em seu primeiro dos 19 jogos dentro de casa que são previstos na tabela da Série B. Por conta da participação nas quartas de final da Copa do Brasil, o Leão está ainda com um jogo a menos que as demais equipes do torneio e precisa de um triunfo para deixar a 11ª colocação que ocupa atualmente e encostar no grupo dos quatro clubes que ascenderão à Série A.

Para lhe ajudar a superar o quadricolor mineiro, o técnico do Vitória, Paulo César Carpegiani, ganhou durante a semana o importante reforço do volante Michel, que se recuperou de lesão e está confirmado para o duelo. Em contrapartida, o treinador ainda não sabe se poderá contar com Wellington Saci, que reclamou de dores no joelho e virou dúvida. Mansur poderá ser o seu substituto.
Invicto na competição, o Ipatinga também tem um jogo a menos, mas soma quatro pontos ganhos e ocupa a sexta posição. Os outros jogos deste sábado são Avaí x Joinville, Guarani x Ceará, América-MG x Criciúma, ABC x São Caetanto, ASA x Boa Esporte e Bragantino x Paraná.

Vitória – Paulo César Carpegiani terá uma importante mudança no seu setor de meio campo: em lugar do volante Ananias, que atuou como titular na partida da última terça-feira, 29, quando o Vitória perdeu por 2 a 1 para o Criciúma, o treinador promoverá o retorno de Michel, já recuperado de lesão.

Mas Carpegiani não tem apenas motivos para comemorar: além de não poder contar ainda com os retornos de Uelliton e Pedro Ken, outro jogador que poderá desfalcar a sua equipe é o lateral-esquerdo Wellington Saci. No treino da última sexta-feira, 1, o ala saiu de campo reclamando de dores no joelho e virou dúvida.

Os demais setores da equipe não deverão sofrer alterações: Douglas segue no gol; Victor Ramos e Rodrigo continuam na zaga; Gabriel Paulista segue improvisado na lateral direita; e Eduardo Ramos, Tartá, Marquinhos e Neto Baiano formam a linha de frente mais uma vez.
Com 50% de aproveitamento na competição, o Vitória ganhou o Barueri em seu jogo de estreia por 1 a 0, fora de casa, e perdeu para o Criciúma na terceira rodada, por 2 a 1, também longe de Salvador. Depois do Ipatinga, o rubro-negro tem a chance de engatar uma sequência de vitórias: jogará novamente no Barradão, terça-feira, 5, contra o América-RN.

Ipatinga – Um dos principais jogadores que compõem a equipe do técnico Ney da Matta é um velho conhecido da torcida baiana: o atacante João Neto, ex-Bahia de Feira, campeão baiano em 2010 em cima do Vitória.
O treinador do Ipatinga tem utilizado o 4-4-2 como formação e, sem desfalques, deverá manter a mesma equipe e a mesma configuração tática que utilizara na partida da última terça-feira, contra o ASA.
Sexto colocado com quatro pontos ganhos e com 66% de aproveitamento, o time mineiro estreou com empate por 1 a 1 com o ABC e depois venceu por 1 a 0 o ASA, na rodada passada.

Vitória x Ipatinga – 4ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Data: Sábado, 2 de junho.
Horário: 16h20.
Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (CBF/RN).
Assistentes: Luiz Carlos Camara Bezerra (CBF/RN) e Lorival Candido das Flores (CBF/RN).

Vitória: Douglas; Gabriel Paulista, Victor Ramos, Rodrigo e Mansur (Wellington Saci); Michel, Rodrigo Mancha, Eduardo Ramos e Tartá; Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.
Ipatinga: Bruno; Flávio, Gasparetto, Azevedo e João Victor; Leanderson, Leandro Brasília, Ruy e Wellington Bruno; João Neto e Tiago Pereira. Técnico: Ney da Matta.

Fonte: A Tarde