Publicidade


Barradão: 500 jogos

O jogo contra o Vasco, neste sábado, às 15h, horário de Salvador, será a de número 500 no estádio Manoel Barradas. Principal “centroavante” das últimas duas décadas de conquistas do clube, o santuário Rubro-negro atinge a marca num jogo que promete ser tenso.

Com 34 pontos, na 17ª colocação do Brasileirão, o jogo contra o Vasco é considerado de vital importância para a permanência do Vitória na Série A em 2001, considerando que a tabela do Rubro-negro é tida pelos especialistas como uma das mais difíceis entre os que lutam para não cair.

Excetuando o jogo contra os cariocas, o Leão ainda enfrenta em casa Corinthians e Cruzeiro, que disputam a ponta, e Atlético-GO, que luta contra o descenso. Fora de casa, o time baiano enfrenta Internacional e Santos, garantidos na Libertadores 2011, e Guarani, outro ameaçado pelo rebaixamento.

A construção e a viabilização da casa Rubro-negra foram decisivas para a atual hegemonia que o Vitória hoje tem na Bahia. Utilizado efetivamente a partir de 1995, o Barradão teve participação direta na sequência de títulos estaduais conquistados no período, alem de ter contribuído para as boas campanhas do Brasileiro 1999 e da Copa do Brasil deste ano.