Portuguesa 4 x 2 Bahia

Bahia melhora e Lusa confirma triunfo
Na base do desespero, o tricolor voltou melhor para a segunda etapa e diminuiu o prejuízo aos nove minutos. Após cruzamento na área, a bola bateu na mão de Ferdinando. O árbitro marcou o pênalti, convertido por Fernandão.

Mas a felicidade tricolor durou pouco. Aos 14, Souza cobrou falta da direita na cabeça de Bergson, que havia acabado de entrar no lugar de Gilberto. O jovem jogador testou firme, no ângulo de Lomba.

Preso na marcação paulista, os baianos fizeram o segundo gol aos 27. Wallyson recebeu

passe de Wiliam Barbio, aproveitou a falha na marcação da Lusa e soltou a bomba, sem chances para Lauro.

Já aos 29, o tricolor criou uma grande chance de ficar próximo do empate. Fernandão recebeu livre na marca do pênalti e, sozinho, bateu por cima de Lauro.

Só que a Lusa não estava morta e foi para o ataque para confirmar o triunfo. Diogo, aos 32, aproveitou vacilo da zaga tricolor e bateu forte, dentro da área, para a boa defesa de Lomba.

FICHA TÉCNICA
Série A
Portuguesa 4 x 2 Bahia
Local: 
Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 31/08/2013
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Janette Mara Arcanjo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: Ferdinando (Portuguesa) / Raul (Bahia)
Gols: Moisés Moura, Gilberto (2x) e Bergson (Portuguesa) / Fernandão e Wallyson (Bahia)

Portuguesa: Lauro; Luis Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Moisés, Diogo (Cañete) e Souza (Jean Mota); Gilberto (Bergson) e Bruno Henrique. Técnico: Guto Ferreira.

Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Fahel, Rafael Miranda (Diones), Hélder e Marquinhos (Wiliam Barbio); Wallyson e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.

Foto:reprodução
Conteúdo do site BN