Bahia vence em Pituaçu

Apesar do placar de 2 a 0 contra o Feirense, o Bahia não apresentou um bom futebol na tarde deste domingo, chegando a ser vaiado no final da primeira etapa. Porém, a entrada de Camacho no meio do segundo tempo acabou sendo determinante para o triunfo do Tricolor, fazendo um gol e dando passe para o de Ávine.

A partida começou com cara de que o Tricolor iria para cima logo. E, aos 2 minutos, Bruno Paulo fez uma boa jogada pelo lado do campo e acabou sendo derrubado pelo zagueiro do time do Feirense, mas o árbitro Jailson Macêdo mandou o lance seguir. Dezessete minutos depois, o volante Hélder fez um bom cruzamento do lado esquerdo para Souza. O atacante do Bahia acabou se embolando com o zagueiro Sílvio, porém o juiz marcou falta do atacante.

Depois desse lance as duas equipes deram poucon trabalho aos goleiros rivais. Tiago foi exigido depois de uma cobrança de falta em que o time Feirense acabou desperdiçando a chance de abrir o marcador. O Tricolor, mesmo com o maior volume de jogo, só voltou a assustar Naldo aos 32 minutos, quando Jael subiu para fazer o gol, mas acabou errando o alvo. No lance o atacante do tricolor acabou se machucando, mas retornou ao campo depois do atendimento.

Porém, o lance de maior perigo aconteceu aos 41 minutos, quando Boquita fez uma bela jogada pelo lado direito e cruzou na cabeça de Souza. O atacante Tricolor, livre, acabou tocando fraco, facilitando a defesa do goleiro Naldo. Dois minutos depois, Jael carregou a bola pelo lado esquerdo e tocou para Souza. O atacante ao invés de chutar preferiu rolar para Bruno Paulo. O meia bateu travado e acabou desperdiçando mais uma chance de gol.

Na tentativa de melhorar a equipe no segundo tempo, o técnico Rogério Lourenço resolveu colocar Dodô no lugar de Rafael Jataí. Com essa mudança, Ávine foi atuar no setor de meio-de-campo e com isso deixou o time “aberto”.Tanto que aos 5 minutos Paulo Roberto recebeu a bola pelo lado direito e bateu na saída de Tiago. Para sorte do Bahia a bola acabou saindo em escanteio.

O Bahia só voltou a atacar aos 19 minutos, quando a bola sobrou para Ávine. O lateral do Tricolor carregou a bola para dentro da área, mas na hora de concluir acabou acertando o goleiro Naldo, que evitou o gol do Esquadrão. O lateral-esquerdo, que já estava atuando como meia, fez uma boa jogada e tocou para Titi. O zagueiro entrou na áera e chutou nas mãos do golerio Naldo.

De tanto insistir o Tricolor abriu o marcador aos 28 minutos, quando Jael tentou lançar para Camacho e a bola acabou desviando e sobrando para o Meia. Antes de finalizar, o meia driblou o zagueiro do time do Feirense e botou a redonda para o fundo do gol. Cinco minutos depois, o Bahia teve a chance de ampliar, porém Maranhão acabou isolando o cruzamento feito por Ávine. Mas aos 33 minutos, o lateral esquerdo do Tricolor acabou arriscando de fora da área e colocando a redonda no cantinho do goleiro Naldo, ampliando o marcador.

Bahia 2 x 0 Feirense

Bahia:
Tiago, Ananias, Nen, Titi e Ávine; Rafael Jataí (Dodô), Boquita, Hélder e Bruno Paulo (Camacho); Souza (Maranhão) e Jael.
Técnico: Rogério Lourenço.

Feirense: Naldo; Capone, Valdo, Sílvio e Robson (Marcos) (Jaiminho); Fabinho, Cristiano, Ananias e André Cabeça; Paulo Roberto e Evanildo (Sandro Ricardo).
Técnico: Ednaldo Oliveira.

Local: Estádio Roberto Santos, Pituaçu, em Salvador
Data: 23/01/2011
Horário:16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas.
Assistentes: Raimundo Carneiro de Oliveira e Carlos Vidal Pereira de Oliveira.