Bahia vence de virada em Pituaçu

Com a expectativa sobre o futuro do técnico Joel Santana, que foi dado como certo no Flamengo pela imprensa carioca, o Bahia, em partida bastante movimentada, com direito a duas viradas e pênalti polêmico, venceu o Feirense por 3 a 2, nesta quarta-feira (1º), no estádio de Pituaçu, em Salvador. Com dois gols de Souza e um de Lulinha, o resultado, combinado com os outros da rodada,  manteve o Bahia na quarta colocação do Campeonato Baiano, com 10 pontos. O tricolor pode chegar a terceira posição, caso o Vitória empate ou perca do Fluminense de Feira.

Souza abre o placar com cruzamento perfeito de Coelho

Buscando a terceira vitória consecutiva, o Bahia começou a partida tomando a iniciativa do jogo, mas esbarrava na boa marcação do Feirense. Aos dois minutos, Lulinha e Vander fazem boa triangulação, mas a zaga adversária aparece para afastar o perigo. Enquanto o tricolor tentava abrir o placar, foi o Feirense que teve a primeira oportunidade de gol. O zagueiro Cristóvam invade a área do Esquadrão, aos nove minutos, passa pela zaga, e chuta em direção ao gol de Marcelo Lomba, mas a bola bate na rede pelo lado de fora. Com dificuldades de penetrar a área adversária, o Bahia precisou que o talento individual aparecesse para o primeiro gol sair. Aos 16 minutos, em boa jogada pela direita, Coelho cruza e Souza, oportunista, coloca para o fundo da rede do goleiro Naldo.
Bahia dá mole e Feirense empata de pênalti
A alegria do torcedor tricolor não durou muito tempo. Ainda deixando espaço na entrada da grande área, o Bahia viu, aos 20 minutos, o atacante Jaiminho cair dentro da área após dividida com Coelho e o árbitro Cosme Iran marca pênalti. O meia Tite chuta com categoria no canto direito e empata a partida. A equipe de Joel Santana teve mais uma chance de ficar na frente do placar com Donato, ou melhor, duas. Aos 24 minutos, o zagueiro não aproveitou dois cruzamentos certeiros de Coelho. Na primeira oportunidade, apenas raspou com a cabeça e, na segunda, colocou a bola para fora. Sem velocidade na saída de bola, o Bahia dava oportunidade para o Feirense se recompor no campo defensivo. Sem muita participação do meio campo tricolor, Souza tentou armar a jogada enfiando a bola para Vander, aos 33 minutos, mas a zaga do time de Feira consegue tirar. Após falta cometida pelo estreante Lenine, os visitantes quase viram a partida. Depois de rápida cobrança, Ermínio domina a bola na área e toca para Janinho, que chuta sozinho para a defesa de Marcelo Lomba. Aos 40 minutos, Souza tentou dar a resposta, após invadir a área do Feirense. Mas o centro avante tricolor, após drible, foi desarmado.

Lomba falha e Feirense vira o jogo
Para o segundo tempo, Joel Santana sacou o vaiado Vander e colocou Gabriel em busca de mais produtividade no meio de campo. A primeira boa chance do tricolor na segunda etapa saiu aos dois minutos, mais uma vez dos pés de Coelho. Após cobrança de escanteio do lateral-direito, Titi coloca a bola para sair pela linha de fundo. O Bahia continuou pressionando e Diones, aos cinco minutos, após receber de Souza, obrigou o goleiro Naldo a fazer grande defesa. Apesar da iniciativa dos donos da casa, o balde de água fria veio aos sete minutos. Em rara falha de Marcelo Lomba, o Feirense fez o segundo gol. O goleiro do Esquadrão deu um leve toquinho na bola, ela bate no travessão e sobra para o atacante Jaiminho sacramentar a virada. Em busca do gol de empate, Joel fez mais uma substituição. Sai o volante Lenine, e entra o centro avante Rafael. Aos 15 minutos, os donos da casa arranjaram mais um motivo para reclamar da arbitragem. Gabriel carrega a bola, invade a área e cai pedindo pênalti. O juiz nada marca.

Goleiro do Feirense fecha gol
Aos 21 minutos, Marcelo Lomba conseguiu se redimir da falha do segundo gol. Jaiminho aparece na entrada da área e chuta para excelente defesa do goleiro tricolor. Um minuto depois foi a vez do goleiro Naldo se destacar. Após lançamento, Coelho fica de cara com o goleiro que salva o que seria o gol de empate. Logo depois, Rafael chuta de dentro da área obrigando o arqueiro do Feirense fazer mais uma boa defesa. Quatro minutos depois, Naldo realiza um milagre em Pituaçu. Depois de cobrança de escanteio do lateral-direito tricolor, Souza cabeceia e o goleiro salva. Fabinho tenta novamente e o arqueiro, caído, defende com os pés. Aos 33, mais uma vez Coelho traz perigo para o gol do Feirense. O jogador do Bahia cobra falta com muito efeito e obriga o camisa 1 do time de Feira a fazer mais uma bela defesa.

Mais uma virada. Bahia novamente na frente

Apesar da boa atuação de Naldo, o gol do Bahia de empate saiu aos 35 minutos. Após mais um escanteio, o goleiro sai mal e a bola sobra nos pés de Souza que marca o seu segundo na partida. De tanto pressionar no segundo tempo, os donos da casa conseguiram a virada. Lulinha, aos 40 minutos, invade a área e faz um golaço em Pituaçu. Nos cincos minutos finais, o Feirense partiu em busca no empate, mas sem muita eficiência. Enquanto isso, o Bahia tentava manter o resultado que lhe garantiu a terceira vitória consecutiva na competição. O próximo desafio do tricolor é contra o Itabuna, no próximo domingo (5), fora de casa.
FICHA TÉCNICA
Bahia 3 x 2 Feirense
Data: 01/02/2012
Local: Pituaçu, em Salvador-BA
Horário: 20h30
Árbitro: Cosme Iran Sabino de Araújo
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar Dias
Bahia: Marcelo Lomba, Coelho, Rafael Donato, Titi e Hélder; Fabinho, Lenine (Rafael), Diones e Vander (Gabriel); Lulinha e Souza. Técnico: Joel Santana.
Feirense: Naldo, Cristóvão, Tom, Alisson e Sandro; Alexandro, Ananias, Tite e Danilo Cruz; Jaiminho e Hermínio. Técnico: Zanata.
fonte: bahianoticias