Bahia vence Camaçari

Após ficar três rodadas sem vencer no Campeonato Baiano, quando perdeu duas (Fluminense e Vitória) e empatou uma (Ipitanga), o Bahia se recuperou na competição ao vencer o Camaçari por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no estádio de Pituaçu, e volta a respirar na competição.

Precisando vencer o jogo, o Bahia tentou durante todo o primeiro tempo abrir o placar, mas acabou esbarrando na falta de pontaria de seus atletas, tendo suas principais chances em cobranças de bola parada. O primeiro lance de perigo foi aos 6 minutos, quando Mauricio cobrou escanteio e Pedro Beda tentou colocar para dentro do gol, porém o lateral-esquerdo Ronaldo tirou em cima da linha.

Depois desse lance, o Tricolor só voltou a incomodar o goleiro Alan em bolas paradas. No primeiro lance, aos 21 minutos, o lateral Ávine cobrou falta, mas o arqueiro do Camaçari fez a defesa em dois tempos. O Bahia voltou a assustar aos 29, quando Marcos bateu falta e acabou acertando a trave. Mas, aos 35 minutos, o atacante Souza cobrou pênalti, sofrido por Camacho, com perfeição, deslocando o guarda metas do time do Pólo, abrindo o placar.

Mesmo tendo vencido o primeiro tempo por 1 a 0, a expectativa era de ver o rendimento do Tricolor na etapa final, já que a equipe sempre vinha tendo uma queda de rendimento no segundo tempo e começou levando dois sustos nos primeiros minutos, mas acabou vencendo o jogo.

O primeiro susto aconteceu aos 12 minutos, quando o Camaçari acabou parando em uma grande defesa do goleiro Tiago. No rebote, Stefan fez belo chute por cima do gol do Bahia. O time do Pólo voltou a assustar o Tricolor aos 20 minutos, quando Éder cobrou escanteio com perigo e quase faz um gol olímpico. No lance, o arqueiro do Esquadrão acabou reclamando muito da arbitragem, sobre uma falta recebida, e acabou levando cartão amarelo.

Após o temor de vacilar novamente no segundo tempo o Bahia conseguiu fazer o segundo gol aos 28 minutos, quando Marcos fez uma boa tabela com Camacho e cruzou para Maranhão. O atacante do Tricolor, livre, conseguiu empurrar para o fundo das redes.

O Tricolor quase ampliou o marcador em dois lances. O primeiro foi aos 31 minutos, quando Marcos cruzou para Souza. O atacante, desengoçado, quase consegue fazer o terceiro. Seis minutos depois, Maranhão recebeu um belo lançamento feito por Tiago, mas na hora de chutar acabou parando em uma boa defesa do goleiro Alan. No rebote, Camacho pegou de primeira, porém o arqueiro do time do pólo fez outra intervenção.

Ficha técnica:

Bahia 2 x 0 Camaçari

Bahia: Tiago; Marcos, Titi, Luizão e Ávine; Marcone, Hélder, Camacho (Jones) e Mauricio (Boquita); Pedro Beda(Maranhão) e Souza.
Técnico: Chiquinho de Assis.

Camaçari: Alan; Amilton Júnior, Santana (Marins), Fabiano e Ronaldo; Totinga,Dinho, Juan (Dos Santos) e Éder; Márcio Carioca e Estefan.
Técnico: Sérgio Araújo.

Local: Estádio de Pituaçu (Roberto Santos), em Salvador (BA)
Data: 09/02/2011
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Mick Santos de Jesus.