Publicidade


Bahia negocia contratação de Roger

O Bahia trabalha para reforçar o setor ofensivo na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Após entrar em acordo com a Ponte Preta e ceder o centroavante Alexandro, a diretoria tricolor negocia a contratação de Roger, que estava na Chapecoense. O atacante assinou a rescisão contratual no fim da tarde desta quinta-feira.

Não é a primeira vez que Roger, de 30 anos, entra na mira do Bahia. Na temporada passada, o Tricolor entrou em negociação com o empresário do atacante. Contudo, a negociação não teve um desfecho favorável para os baianos. O Suwon Bluewings, clube da Coreia do Sul que detinha os direitos do atleta, exigiu na época o pagamento da multa rescisória, no valor de US$ 1,2 milhão, para liberá-lo.

Roger recentemente passou por um jejum de gols que durou três meses. O atacante não balançou as redes entre maio e agosto. A seca foi encerrada no dia 26 de agosto, no triunfo por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, na Copa Sul-Americana.

Em agosto, Roger foi procurado por representantes do Goiás. O time esmeraldino, entretanto, se assustou com a pedida da Chapecoense para liberar o atacante. A equipe catarinense pedia, na época, R$ 500 mil da quebra de contrato.

Titular no início do ano, Roger virou reserva após um início ruim de Campeonato Brasileiro. Na atual temporada, ele disputou 26 jogos pela Chapecoense, com 12 gols marcados. O atacante passou por clubes como Palmeiras, São Paulo, Ponte Preta, Sport, Vitória e Atlético-PR.

(Foto:Cleberson Silva/Chapecoense)

Ruan Melo, Laion Espíndula e Thiago Pereira