Bahia joga bem … e perde, de novo

Ainda não foi desta vez que a combinação estádio cheio e triunfo do Tricolor aconteceu no Brasileirão. Desta vez, o Bahia acabou perdendo para o Santos por 2 a 1 e acumulou a segunda derrota em seus domínios.

A partida começou a todo vapor. Enquanto o Bahia tentou pressionar, usando a torcida como sua aliada, o Santos acabou sendo mais eficiente e abriu o placar, quando Borges deu um belo passe para Ganso, que acabou sendo derrubado por Marcone e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Neymar acabou colocando a bola na rede.

O Bahia tentou responder com Júnior, aos quatro minutos, mas Rafael fez uma excelente defesa no chute do atacante Tricolor.  O Santos teve uma excelente chance, depois que Neymar driblou Lomba e bateu para o gol, mas o defensor do Esquadrão acabou tirando. No rebote, Borges chutou, mas a bola saiu em tiro de meta.

Após esse susto, o Bahia começou a ter mais chances de igualar e até mesmo virar o placar. Aos 13 minutos, Ávine cruzou na cabeça de Júnior. O atacante, mesmo marcado, cabeceou e a bola acertou a trave. 10 minutos depois, o lateral Marcos recebeu um belo passe pelo lado direito e chutou cruzado, mas o goleiro Rafael fez uma excelente defesa.

Dois minutos depois, Júnior conseguiu completar para o fundo das redes, porém a arbitragem já havia assinalado impedimento. Aos 26, Jones recebeu um belo passe, mas na hora de chutar acabou desperdiçando a jogada.

Depois da primeira tentativa fracassada, quando a arbitragem marcou impedimento, Júnior conseguiu fazer o seu. Novamente em um rebote. Desta vez, o lateral Marcos chutou e Rafael espalmou. O atacante, livre, igualou o marcador. Um minuto depois, Marcos cobrou falta no travessão e quase virou o marcador.

O Santos acabou mostrando que não estava morto e aos 34 minutos, Borges ganhou de Paulo Miranda e chutou forte. Só que o goleiro Marcelo Lomba praticou uma bela intervenção e evitou o gol da equipe paulista.

No segundo tempo, o Santos acabou voltando com uma substituição. O goleiro Felipe acabou saindo, devido a unma contusão, e em seu lugar entrou Wladimir.  A postura continuou a mesma empolgação do primeiro e assustou logo aos 8 minutos, quando Ganso aproveitou a bobeira de Paulo Miranda e acertou um belo chute no travessão.

O Bahia assustou, quando Ávine partiu para cima do sistema defensivo e acabou sendo derrubado na área pelo defensor, mas a arbitragem não marcou nada.

Após esse lance, Reinaldo e Gabriel acabaram desperdiçando grandes oportunidades.Só que ao invés do Bahia marcar o segundo gol foi o time paulista que voltou a ficar na frente. Alan Kardec aproveitou a bola sobrada na área e colocou para o fundo das redes.

Ficha Técnica:

Bahia 1 x 2 Santos:

Bahia: Marcelo Lomba; Marcos (Gabriel), Paulo Miranda, Titi e Ávine; Marcone, Fahel, Diones (Ricardinho)e Carlos Alberto; Jones e Junior (Reinaldo). Técnico: René Simões.

Santos: Rafael (Wladimir); Arouca, Bruno Rodrigo, Durval, Léo; Adriano, Henrique, Elano (Bruno Aguiar) e Ganso; Neymar e Borges (Alna Kardec). Técnico: Muricy Ramalho.

Local: Estádio Pituaçu, Salvador (BA)
Data:
21/08/2011
Horário:
18h
Arbitragem:
Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG)
Auxiliares:
Guilherme Dias Camilo (Asp. FIFA/MG) e Nadine Schram Camara Bastos (Asp. FIFA/SC).

fonte: arena nordeste.com