Bahia goleia o Juazeiro

Antes da partida havia uma grande preocupação com o estado do gramado do Estádio Adauto Morais. No entanto, quando a bola rolou parece que o fator campo foi esquecido. Em um primeiro tempo perfeito, o Bahia, com dois gols de Souza, fez a vantagem e depois só controlou o resultado diante do Juazeiro. Na segunda etapa, apesar da queda brutal de rendimento, o tricolor administrou o placar e goleou o lanterna do Baianão 2012, por 4 a 1, na noite desta quarta-feira (15), em Juazeiro. Com a pausa para o Carnaval, o esquadrão, que não perde há sete rodadas, só volta a jogar na quinta-feira (22), contra o Fluminense de Feira, em Pituaçu.

Souza deixa o dele

Aos 11, o lateral-direito Jorginho Piauí apareceu no meio dos zagueiros e cabeceou sozinho. Para sorte de Omar, o camisa 2 não foi nada feliz na finalização e a bola subiu demais.  A resposta do Bahia foi imediata. Morais cobrou o escanteio na marca do pênalti e Titi, no terceiro andar, testou para uma defesa espetacular do goleiro Marcus Vinícius. O ritmo da partida nos primeiros quinze minutos agradou, ainda que as condições do gramado não colaborassem com as duas equipes. Se os jogadores não conseguiam fazer a bolar o jeito encontrado foi explorar às jogadas aéreas. E foi assim que o primeiro gol surgiu. Aos 15, Morais parou, olhou para grande área e cruzou na medida para Souza, de cabeça, fazer Bahia 1 a 0. O tricolor continuou em cima. Aos 19, Júnior puxou o contra-ataque rápido e tocou para Gabriel. O camisa 8 pegou muito forte na bola e isolou. Do outro lado, à espera do passe, Souza não gostou e reclamou do companheiro.  O Juazeiro, em desvantagem, buscou sair para o jogo explorando as laterais. No entanto, a noite pouco inspirada do setor ofensivo do time da casa deixava a desejar.
Bahia faz mais três
O Bahia que não tinha nada haver com a história aproveitou mais um vacilo do Juazeiro e marcou mais um. Aos 30, o volante Fahel deu uma de maestro e concedeu uma bela assistência para Gabriel. O atacante recebeu um lindo passe entre os zagueiros, driblou o goleiro e marcou o seu segundo gol como profissional. Bahia 2 a 0. Menos de dois minutos depois, Souza quase desfaz a vantagem do tricolor. O atacante tentou cortar o escanteio adversário e quase marca contra. Omar estava atento no lance e conseguiu desviar pela linha de fundo.  Porém, se as coisas para o Juazeiro já não estavam boas, ficaram ainda pior aos 34 minutos. Morais puxou o contra-ataque pela esquerda e fez o levantamento. A bola passou por toda área e sobrou para Coelho, que tabelou com Gabriel e cruzou. Sem marcação, dentro da pequena área, Júnior só precisou empurrar para o fundo gol e ampliar o marcador. Bem discretamente, o Juazeiro tentou esbouçar uma reação, aos 40. O lateral-esquerdo Mailson chutou de fora e Omar segurou com tranquilidade. A escolha de Paulo Roberto Falcão em escalar Júnior e Souza deu mais que certo. Aos 46, no último lance da primeira etapa, o ‘Diabo Loiro’ deixou Souza em boas condições para dominar, girar e determinar a goleada. Oitavo gol no estadual e Bahia 4 a 0.

Tricolor resolve se poupar e Juazeiro diminui
O placar permitiu e Paulo Roberto Falcão resolveu poupar um dos seus principais jogadores. O atacante Souza, autor de dois gols, sequer subiu para o segundo tempo e foi substituído por Zé Roberto. Como era de se esperar, visivelmente satisfeito com o resultado, o Bahia tirou o pé do acelerador.  O Juazeiro, em situação completamente diferente, buscava desesperadamente marcar o primeiro gol. Nos cinco primeiros minutos, Stefan e Jorginho obrigam duas boas defesas de Omar, em chutes de fora da área.  Aos 24, o time da casa marcou o gol de honra. O meia Stefan cobrou falta com categoria, no canto de Omar, e encobriu o arqueiro.O time da casa tinha espaço para jogar e, apesar do placar, não se entregou. Aos 31, Vitor arriscou de longe e Omar, meio que atrapalhado, defendeu em dois tempos. Bem diferente da primeira etapa, o tricolor esteve distante da meta do goleiro Marcos Vinicius e sequer criou uma lance de ataque que pudesse levar perigo ao camisa 1 do Juazeiro.
Ficha Técnica:
Juazeiro x Bahia
Local: Estádio Adauto Morais, em Juazeiro (BA)
Data: 15/02/2012
Árbitro: Marielson Alves Silva
Auxiliares: José Carlos Oliveira dos Santos(BA) e Luiz Carlos Silva Teixeira
Cartões amarelos: Tiago (Juazeiro) / Zé Roberto e Souza (Bahia
Gols: Stefan (Juazeiro) / Souza (2x), Júnior e Gabriel (Bahia)
Juazeirense: Marcos Vinicius; Jorginho Piauí (Daniel Costa), Itamar, Leonardo e Maílson; Jorginho, Fransuele, Tiago (Daniel Piau) e Tinho (Stefan); Nino e Vitor. Técnico: Sérgio Araújo
Bahia: Omar; Coelho, Rafael Donato, Titi e William Matheus; Fahel, Hélder, Gabriel (Magno) e Morais; Júnior (Ciro) e Souza (Zé Roberto). Técnico: Paulo Roberto Falcão
fonte: bahianoticias