Bahia goleia Conquista e BaVi acontece na semifinal

O Bahia suou, mas conseguiu a sua vaga nas semifinais do Baianão 2011. Neste domingo, o Tricolor derrotou o Vitória da Conquista, em Pituaçu, por 4 a 0, e se classificou na segunda posição do grupo 03, à frente do Bahia de Feira, que venceu o Atlético de Alagoinhas em Feira de Santana, por 3 a 1. O Tricolor enfrenta agora o maior rival Vitória, primeiro lugar do Grupo 04, no próximo domingo (24), no estádio de Pituaçu. A outra semifinal será no mesmo dia, entre Serrano e Bahia de Feira, em Vitória da Conquista.

Precisando vencer para avançar no estadual, o Bode começou mais atento a partida e por pouco nao abriu o placar. Lei descobriu Felipe Adão dentro da área e o filho do ex-jogador da seleção brasileira Cláudio Adão cabeceou no travessão, logo aos 4 minutos.

Uma vitória garantia matematicamente o Bahia na terceira fase e o alívio veio logo aos 11 minutos. Marcos aproveitou vacilo da zaga e acreditou em jogada de linha fundo, cruzou para trás e encontrou Maurício, que escorou de primeira para o gol, 1 a 0. Após o gol marcado, o time da capital controlou o jogo e conseguiu terminar à frente a primeira etapa sem sofrer riscos.

Na segunda etapa, Guilhermino Lima resolveu fazer duas modificações na equipe deixando o Bode mais ofensivo, já que o resultado eliminava a equipe do interior. Buscando matar o jogo, o estreante Renê Simões colocou o também estreante Lulinha no lugar de Maurício, o autor do gol.

Com mais posse de bola e mais presente no ataque, o Bahia marcou o segundo gol aos 24 minutos em jogada de Camacho, que deixou Souza livre para aliviar as críticas da torcida e aproximar a classificação do Esquadrão.

Aos 29 minutos, as possibilidades de classificação do Bode se esgotaram quando Carlinhos derrubou Marcos e foi expulso depois de receber o segundo amarelo. Mais confiante, o Bahia selou de vez a sua vaga a partir dos 31 minutos. Robert recebeu livre na direita rolou para Souza fazer o segundo dele. Desorientado em campo, o Bode ainda sofreu mais um, aos 34. Rafael “Gladiador” recebeu na entrada da área, logo depois de entrar, e tocou no canto esquerdo de Marcão para dar número finais ao jogo.

Ficha Técnica:

Bahia (4): Omar; Marcos, Titi, Thiego e Dodô; Marcone, Hélder, Camacho e Maurício (Lulinha); Zezinho e Souza.
Técnico: René Simões.

Vitória da Conquista (0): Marcão; Alex, Rogério (Nildo), Braz, Carlinhos; Rondineli (Brawn), Mica, Diego Aragão, Lei (André); Felipe Adão e Hyroshi .
Técnico: Guilhermino Lima.

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 17/04/2011
Horário: 16h
Arbitragem: Evandro Rogério Roman (Fifa/PR).
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Erik Bartolomeu Bandeira (Fifa/PE).

fonte: arenanordeste.com