Bahia enfrenta Figueirense com a força da torcida

Tentando engrenar no período pós-Copa do Campeonato Brasileiro da Série B, o Bahia recebe o Figueirense, às 16h10 deste sábado, no Pituaçu, pela 11ª rodada. O adversário é dos mais díficeis, já que o time de Florianópolis vive grande momento na competição, brigando pelas primeiras posições.

O Bahia, por outro lado, faz campanha irregular. Nos últimos três jogos, perdeu dois e venceu um – resultados que renderam o nono lugar ao time, que soma 16 pontos conquistados. O Figueirense é o terceiro colocado, com 20, apenas três atrás do líder Náutico. A equipe está invicta há seis rodadas.

Crise?
A crise ronda os lados do Tricolor baiano. Sem cumprir as expectativas dos torcedores, o clube de Salvador também vem sofrendo para arcar com as despesas de seu caro elenco. No início da semana, representantes de alguns jogadores inclusive foram cobrar a diretoria a respeito dos salários do mês de junho, que ainda não tinham sido pagos.

Para afastar os rumores do chamado “corpo mole” pela falta de pagamento, o técnico Renato Gaúcho deve manter quase o mesmo time que vinha atuando nas últimas rodadas, com três meias armadores e apenas Rodrigo Gral na frente. Serão três mudanças. O lateral-esquerdo Arilton não vem agradando e deve ser substituído por Bebeto, enquanto Vagner foi liberado pelo Departamento Médico e assume a vaga de Alison, suspenso. No gol, Renê assume a camisa 1 no lugar de Fernando, que foi expulso contra o Náutico.

Quem está na expectativa de reestrear com a camisa do Bahia é o atacante Jael, que deve ficar apenas como opção no banco de reservas. O Bahia entra em campo para não deixar o G4 se afastar, já que a equipe foi montada para subir de divisão. No momento, o Bahia está a apenas dois pontos do pelotão de elite.

Ilustre estreia
Enquanto o adversário não quer deixar o G4 escapar, o intuito do Figueirense na realidade é um pouco maior: não deixar o líder se distanciar. Para o duelo, Goiano também confirmou que o atacante Reinaldo estará no time titular, ao lado de William. O treinador acredita que a mudança para o esquema com dois atacantes, que não vinha sendo utilizado, não deve surtir efeitos negativos no time.

“No início da competição, eu joguei com dois atacantes, Nicácio e Willian. Depois, de uma certa forma, optei pelo 4-5-1, colocando o Fernandes ou o Roberto na posição de segundo atacante. Hoje, tenho opções que permitem jogar no 4-4-2, como começamos o campeonato”, afirmou o técnico.
Ygor, Coutinho e Maicon deverão compor o setor de marcação do meio-de-campo, enquanto que Roberto Firmino e Fernandes disputam vaga para a armação.

FICHA TÉCNICA

Bahia-BA x Figueirense-SC
Local: Estádio do Pituaçu, em Salvador-BA
Data: 30/07/2010
Horário: 16h10
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha-GO
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva e Marco Antonio de Mello Moreira

Bahia
Renê; Bebeto, Vagner, Nen e Ávine; Fabio Bahia, Élder, Ananias, Rogerinho e Moraes; Rodrigo Gral.
Técnico: Renato Gaúcho

Figueirense
Wilson; Lucas, João Filipe, Roger Carvalho e Juninho; Ygor, Coutinho, Maicon e Fernandes (Roberto Firmino); William e Reinaldo.
Técnico: Márcio Goiano