Publicidade


Bahia empata na estreia da 2ª fase

Em atuação muito abaixo da expectativa, o Bahia acabou empatando em 2 a 2 com o Vitória da Conquista, na tarde deste domingo, no Lomanto Júnior, pela estreia da 2ª fase do Baianão. O Tricolor começou perdendo o jogo, mas conseguiu a virada só que não segurou o resultado e acabou cedendo a igualdade no marcador já nos acréscimos.

Na etapa inicial, o Bahia acabou assistindo o Vitória da Conquista dominar a partida, o Tricolor sentiu logo cedo como seria a etapa inicial da partida.O Bode levou susto logo cedo, aos 3 minutos, o meia Braw fez uma boa jogada  e chutou forte para a defesa de Omar. Mas, quatro minutos depois, o meia Lei recebeu um belo passe na entrada da área e colocou a bola para o fundo das redes do goleiro Omar, abrindo o marcador.

A resposta do Bahia só aconteceu aos 15 minutos, quando Tressor Moreno cobrou escanteio, o goleiro Zé Neto e o sistema defensivo acabaram vacilando e abola sobrou para Ramon. O meia acabou chutando colocado, porém a bola acabou subindo e saiu em tiro de meta.

Depois desse lance, o Vitória da Conquista se mostrou superior com maior toque de bola, deixando o sistema defensivo Tricolor bastante confuso. Aos 20 minutos, Lei avançou e chutou forte, mas o goleiro Omar espalmou e a bola tocou na trave para o sistema defensivo conseguir tirar da área. O Bode foi para cima e dois minutos depois Carlinhos chutou da entrada da área e o goleiro Omar ficou torcendo para a redonda sair em tiro de meta, fato que aconteceu.

Insatisfeito com o rendimento do lateral-esquerdo Dodô, que dava muito espaço pelo seu setor, aliás não só ele como todo o sistema defensivo, o técnico Vágner Benazzi decidiu sacar o jogador e colocar o atacante Gabriel para fazer a função no lado esquerdo.

Mesmo sem jogar bem no começo do segundo tempo, o Bahia acabou empatando a partida aos 5 minutos, quando Marcos fez uma boa jogada pelo lado direito e carregou para o meio, onde acertou um belo chute de canhota no ãngulo do goleiro Zé Neto, deixando a partida empatada.

Após o gol, o Bahia teve a oportunidade de virar o jogo quando Rafael disputou com o goleiro Zé Neto e a redonda acabou acertando a trave. No rebote, Robert dominou e chutou a bola sem perigo algum para a meta do time conquistense.

O Tricolor chegou à virada aos 40 minutos, quando Ramon acabou convertendo uma penalidade polêmica marcada pelo Gleidson. Porém, em um vacilo do sistema defensivo, o lateral-direito Marcos acabou fazendo uma falta na entrada da área. Na cobrança, Lei colocou para o fundo das redes, dando números finais à partida.

Ficha técnica:

Vitória da Conquista 2 x 2 Bahia

Vitória da Conquista: Zé Neto; Alex, Rogério, Silvio e Carlinhos; Mica, Alessandro Azevedo (Jorginho), Braw (Diego Aragão) e Lei; Alan Carlos (Tanaka) e André.
Técnico: Guilhermino Lima.

Bahia: Omar; Marcos, Thiego, Titi e Dodô (Gabriel); Marcone, Hélder, Ramon e Tressor Moreno (Boquita); Robert (Bruno Paulo) e Rafael.
Técnico: Vágner Benazzi.

Local: Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista (BA)
Data: 20/03/2011
Horário: 16h
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Mick Santos de Jesus.