Bahia busca vitória contra o ASA pela Série B

O ASA faz sua segunda partida consecutiva no Coaracy da Mata Fonseca ao receber o Bahia, às 16h10 deste sábado, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo tem um toque especial: será a centésima partida do técnico José Luiz Mauro, o Vica, no comando do time alagoano.

Como homenagem, o clube colocou à venda uma camisa com o nome de Vica e o número 100 estampado nas costas. O treinador, porém, quer mesmo saber é dos três pontos, que colocariam sua equipe em boas condições de buscar uma vaga no G4 já na próxima rodada. Por enquanto, o ASA soma 16 pontos, no meio da tabela.

O Bahia está logo à frente, com 17 pontos. Assim como o ASA, o time busca uma aproximação do grupo dos quatro melhores. Com isso, o duelo pode ser considerado um confronto direto por posições.

Histórico!
Assim que pisar no gramado para comandar o ASA neste sábado, o técnico José Luiz Mauro, ou simplesmente Vica, estará fazendo história pelo clube alagoano. No clube há dois anos, o treinador vai completar 100 jogos à frente da equipe.

Ao longo das 99 partidas que comandou, Vica conquistou 50 vitórias, 22 empates e 27 derrotas. No quesito performance, o treinador não ficou devendo: foi campeão alagoano em 2009, vice-campeão em 2010, levou o time ao acesso para a Série B conquistando o vice-campeonato da Série C e disputou a Copa do Brasil, fazendo bons jogos.

No melhor estilo linha-dura, o treinador cobrou empenho dos atletas para que a equipe finalmente conquiste a regularidade que tanto procura. Para o duelo, o lateral-direito Marcos Tamandaré é dúvida. O jogador se recupera de uma tendinite e deve ser reavaliado. O meia Cleiton, por sua vez, está lesionado e não joga. Plínio retorna à zaga após cumprir suspensão.

A novidade pode ficar por conta do meia Ciel, que vem treinando normalmente e deve ser relacionado para o duelo. O jogador não foi dispensado do ASA por pouco, devido à problemas de embriaguez.

Modificações
No lado do Bahia, que custa a engrenar no período pós-Copa da Série B, o técnico Renato Gaúcho deve promover uma série de modificações. Algumas são de ordem técnica e tática, enquanto que outras são forçadas.

O lateral-esquerdo Ávine, que pediu dispensa da partida por motivos particulares, ainda é dúvida para a partida. Gaúcho alegou que o lateral teria requisitado sua escalação logo depois e deve conversar com o atleta para saber a real situação. Caso não jogue, Ávine será substituído por Diego Corrêa. No gol, Renê atua na vaga de Fernando, enquanto que Fábio Bahia deve atuar improvisado na lateral-direita.

O atacante Jael pode começar jogando, mas disputa vaga com Ananias, que joga no meio-de-campo. A entrada de Jael mudaria o esquema tático do time, que passaria a atuar com dois atacantes, além do ofensivo meia Rogerinho. Bruno Octávio, ex-Corinthians, e Marcone jogarão como volantes e darão prioridade à marcação.

FICHA TÉCNICA

ASA-AL x Bahia-BA
Local: Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca-AL
Data: 07/08/2010
Horário: 16h10
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho-SP
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios-SE e Ivaney Alves de Lima-SE

ASA-AL
Paulo Musse; Plínio, Silvio e Edson; Maisena, Audálio, Rincon, Didira (Ciel), Luiz Mário e Magal; Junior Viçosa.
Técnico: Vica

Bahia-BA
Renê; Fábio Bahia, Vágner, Nen e Ávine (Diego Corrêa); Bruno Octávio, Marcone, Rogerinho e Morais; Jael (Ananias) e Rodrigo Gral.
Técnico: Renato Gaúcho