Publicidade


Bahia aposta na força do elenco

Zagueiros Danny Morais e Titi e o meia Gabriel estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Elias e Hélder estão vetados

O jogo contra o Coritiba só é depois de amanhã, mas a cabeça do técnico Jorginho já começou a pipocar de tanta preocupação. Na batalha direta pra fugir do rebaixamento, o Bahia não vai contar com cinco jogadores do time titular. Os zagueiros Danny Morais e Titi e o meia Gabriel estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Além do trio, o volante Hélder, com dores na costela, e o atacante Elias, com edema na coxa, foram vetados pelo departamento médico.

Mesmo com tantos problemas, a confiança no Fazendão é grande. Na defesa, Alysson e Lucas Fonseca foram confirmados. Os dois atuaram juntos uma vez nesta Série A e se deram bem. Ajudaram o time no triunfo de 2×0 sobre a Ponte Preta, em Campinas.

Lucas Fonseca sabe da responsabilidade, mas aposta na força do grupo. “Nosso espírito aqui é esse. Nos últimos jogos, jogadores que saíram do banco decidiram. Temos que mostrar a nossa força”, diz ele, que promete trazer pontos de Curitiba. “Em confronto direto, se alguém tiver de chorar, chora a mãe do adversário”.

Dúvidas – Se o problema da zaga está resolvido, Jorginho segue cheio de dúvidas em relação aos substitutos de Hélder, Gabriel e Elias. No lugar do volante, o pentacampeão mundial Kléberson, de volta após cumprir suspensão diante do Fluminense, é o favorito para assumir a posição; já Fabinho corre por fora.

Na frente, caso mantenha a coerência, o treinador escalaria Lulinha e Cláudio Pitbull, presenças constantes no banco de reservas. Jorginho, porém, terá a volta de Jones Carioca, recuperado de um estiramento na coxa. Os meias Jéferson e Mancini, “esquecidos” durante bom tempo, também estão relacionados para o duelo no Couto Pereira. Só resta esperar e confiar.

Informação:Miro Palma  do iBahia.com