Bahia apenas empata

No “Dia do Bahia”, o Esquadrão decepcionou. Jogando contra o Conquista, em partida válida pela terceira rodada da segunda fase do Campeonato Baiano, o Bahia apenas empatou com o Bode, pelo placar de 1 a 1, na Fonte Nova. A partida foi a última do tricolor antes do primeiro clássico Bavi desta temporada, que será realizado no próximo domingo (23).

Bahia e Conquista fizeram um primeiro tempo muito disputado no meio de campo, e com poucas chances de gols para os dois lados. Mesmo sem ter marcado gols na primeira etapa, a equipe do Bahia mostrou evolução tática, apesar de não ter conseguido criar muitas chances.

O início do segundo tempo foi uma continuação do primeiro. Mesmo com muita aplicação das duas equipes, poucas chances de gol, e muitas reclamações das arquibancadas. Para piorar a situação dos tricolores, Tatu recebeu belo passe de Rafael Granja e marcou o gol do Bode. No entanto, no final da partida, Wangler fez um golaço e salvou o tricolor.

O jogo
A primeira boa chegada do Bahia aconteceu aos 10 minutos. Rhayner fez boa jogada pela direita e cruzou para Biancucchi, que cabeceou para fora. Dois minutos depois, Lomba e Titi bateram cabeça e a bola sobrou para Rafael Granja, mas ele bateu por cima do gol.

Aos 30, o Conquista assustou. O atacante Carlinhos recebeu na área, matou no peito e bateu bonito, mas a bola passou pra fora. Cinco minutos depois, o jovem atacante do Bahia, Zé Roberto, foi derrubado dentro da área pelo zagueiro Silvio, do Conquista, mas o árbitro nada marcou.

No último suspiro da primeira etapa, Mádson cobrou lateral na área, Zé Roberto se antecipou e cabeceou, mas mandou pra fora.

Segundo Tempo
O segundo tempo começou com terminou o primeiro, com pouca criatividade das duas equipes. Quando a torcida do Bahia já ensaiava vaias, veio o banho de água fria. Aos 17 minutos, Tatu recebeu belo lançamento de Rafael Granja, e com tranqüilidade, tocou na saída de Marcelo Lomba para decretar: Conquista 1 a 0.

No restante da segunda etapa, o Bahia pressionou, e o técnico Marquinhos Santos chegou a tirar o volante Pittoni para colocar o atacante Rafinha e ainda tentou utilizar o poupado Anderson Talisca. A insistência deu resultado, e nos últimos momentos do jogo, Wangler fez um golaço, acertando o ângulo direito do Bode para decretar: Baha 1 x 1 Conquista.

Na próxima rodada, o Bahia terá pela frente o primeiro BaVi de 2014. O clássico está agendado para acontecer em Pituaçu, no próximo domingo (23), às 16h. Já o Conquista recebe o Serrano, no Lomantão, no mesmo horário.

FICHA TÉCNICA:
Campeonato Baiano – 3ª rodada
Bahia 1 x 1 Vitória da Conquista
Local: Arena Fonte Nova, às 19h30
Data: 19/02/2014
Árbitragem Manoel Nunes Lopo Garrido, auxiliado por Adson Márcio Lopes Leal e Marcos Welb Rocha
Gols: Tatu (Conquista) e Wangler (Bahia)
Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Rafael Miranda, Pittoni (Rafinha) e Hélder (Wangler); Rhayner, Maxi Biancucchi e Zé Roberto (Talisca). Técnico: Marquinhos Santos.
Conquista: Alex, Lorran, Sílvio, Mota e Tiaguinho, Edimar, Ramires, Rafael da Granja, Candinho, Tatu e Carlinhos. Técnico: Evandro Guimarães.

Fonte:Galaticos