Bahia 3 x 0 Fluminense: Joel Santana mostra a sua cara

O Bahia deu show na tarde deste domingo, pelo Brasileirão. Em Pituaçu, em Salvador, detonou o Fluminense, por 3 a 0, numa partida em que os baianos atuaram muito bem. Esta foi a primeira vitória do técnico Joel Santana sob o comando do Tricolor.

O resultado não foi nada bom para o Flu, que tentava se aproximar dos líderes e ficou com 37 pontos, na quinta colocação. O Bahia, por sua vez, deixa a zona de rebaixamento, agora, com 27 pontos, em 16º. Quem voltou para a zona da degola foi o Atlético-MG, que ficou com 24.

Pressão e gol!
Sem vencer há oito jogos, o Bahia começou a partida com tudo e foi para cima do Fluminense, buscando de todo modo seu gol para acalmar seu torcedores. A primeira boa chance apareceu com Souza, que soltou um petardo de fora da área e obrigou Diego Cavalieri a fazer uma boa defesa.

O jogo estava aberto, com os dois times tentando chegar ao primeiro gol. Dodô quase abriu o marcador também num chute de fora da área, mas que tirou tinta da trave. Eis que aos 28 minutos o Tricolor Baiano abriu o placar. Marcos bateu de fora da área, Diego Cavalieri deu rebote no pé de Souza, que estufou as redes do Fluminense.

Com o gol sofrido, o Flu que criava pouco, foi com tudo para cima e sem muita organização não conseguia criar chances reais. Era muita vontade e pouca qualidade. Para o segundo tempo, o técnico Abel Braga voltou com duas alterações. Sairam Rodriguinho e Ciro, para entradas de Fernando Bob e Martinuccio.

Bahia fulminante!
As mudanças surtiram efeito com o Flu permanecendo um pouco mais no campo de ataque, mas quem matou o jogo foi o zagueiro Gum, contra seu time. Marcos fez boa jogada e cruzou rasteiro. O defensor tentou cortar, mas acabou batendo contra a própria meta, levando ao delírio seus torcedores.

Se o gol contra complica a vida de um jogador, aos 26 minutos, o circo fechou de vez para Gum. Lulinha entrou na área driblando, o zagueiro acabou cometendo pênalti, levou o segundo amarelo e foi expulso. Souza bateu com categoria e fez o terceiro, sacramento a derrota carioca.

Com um jogador a menos, a equipe do Rio de Janeiro perdeu força ofensiva. Já o Bahia continuou levando perigo nos contragolpes, mas não conseguiu ampliar.

Próximos jogos
Na próxima quarta-feira, o Fluminense tenta a reabilitação contra o Avaí, no Engenhão, enquanto que o Bahia recebe o Atlético Paranaense, adversário direto na parte de baixo da tabela de classificação.