Atlético-PR 1 x 0 Vitória: mais uma derrota fora de casa

O Atlético-PR  recebeu na noite desta quarta-feira, o Vitória  e venceu mais uma, chegando agora a nona partida sem saber o que é derrota como mandante. O Furacão bateu o Leão por 1 a 0. Além de não perder em casa, o time chegou a sua quinta partida seguida sem derrota, buscando ainda uma vaga para a Libertadores.

Com esse resultado, o Atlético-PR que começou a rodada na sétima colocação, subiu para quinto, ficando agora com 41 pontos, mas o Furacão ainda pode perder a posição para o Botafogo que joga na rodada. Já o Vitória que iniciou na 12ª posição, caiu para 13ª, somando 31 pontos, mas o Leão ainda pode perder a posição para o Ceará.

Equilibrado
Jogando em casa, o Atlético-PR começou melhor o primeiro tempo, partindo para cima e quase abriu o placar, aos sete minutos. Bruno Mineiro recebeu passe de Maikon Leite e bateu rasteiro de fora da área, o goleiro Lee saltou no canto e espalmou para a linha de fundo.

O Vitória não querendo ser pressionado no início, também partia para cima e teve uma boa oportunidade, aos 12 minutos. Elkeson partiu em contra-ataque e fez belo passe para Júnior, que invadiu a área e bateu firme, mas o goleiro Neto bem colocado fez a defesa.

O jogo estava muito equilibrado no primeiro tempo, com os dois times procurando o gol e o Atlético chegou bem, aos 28 minutos. Guerrón cruzou da direita, a zaga do Vitória afastou, no rebote Branquinho na risca da grande área, driblou Vanderson e bateu forte, a bola passou rente a trave esquerda de Lee.

A equipe do Vitória tocava bem a bola e teve uma boa chance, aos 33 minutos. Elkeson cobrou escanteio pela direita, o zagueiro Thiago Martinelli subiu mais que a zaga e desviou de cabeça, a bola passa perto do travessão do goleiro Neto.

Furacão na frente
Na última boa chance do primeiro tempo, o Atlético-PR conseguiu abrir o placar, aos 36 minutos. Paulo Baier cobrou falta na ponta direita, o zagueiro Rhodolfo sozinho, saltou e cabeceou forte no canto esquerdo do goleiro Lee, que apenas olhou.

Poucas chances
Assim como na primeira etapa, o Atlético-PR começou melhor no segundo tempo e teve uma boa chance, aos 10 minutos. Guerrón invadiu a área pela direita e cruzou para a área, Bruno Mineiro desviou de primeira, mas o goleiro Lee defendeu com a perna, mandando para escanteio.

Depois do bom início, a partida caiu um pouco de produção, com o Vitória chegando bem só, aos 23 minutos. Eduardo partiu com velocidade pelo lado direito e cruzou para a área, Henrique fechou na segunda trave e cabeceou forte, a bola saiu rente à trave esquerda do goleiro Neto.

A última chance do jogo, aconteceu para o Atlético-PR, aos 43 minutos. Branquinho desceu rápido e tocou a bola para Bruno Mineiro, que invadiu a área e bateu firme, o goleiro Lee fez ótima defesa e no rebote a zaga afastou.

Próximos jogos
Na 27ª rodada, o Atlético-PR vai até Sete Lagoas-MG, encarar o Cruzeiro, no Estádio Arena do Jacaré, no próximo sábado, às 18h30. Já o Vitória vai receber no Estádio Barradão, em Salvador o Grêmio, no mesmo dia, só que às 16 horas.

Ficha Técnica

Atlético-PR 1 x 0 Vitória

Local: Arena da Baixada, em Curitiba-PR
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ (Fifa).
Assistentes: Altemir Hausmann-RS (Fifa) e Lilian da Silva Fernandes Bruno-RJ
Público: 15.791 pagantes.
Renda: R$ 204.510,00.
Cartões amarelos: Eduardo, Ricardo Conceição e Wallace (Vitória)
Gol: Rhodolfo, aos 36’/1T (Atlético-PR)

Atlético-PR
Neto; Élder Granja, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico, Paulo Baier (Ivan González) e Branquinho; Guerrón, Maikon Leite (Vitor) (Olberdan) e Bruno Mineiro.
Técnico: PC Carpegiani