ASA 1 x 2 Vitória – Mais um ano na Série B

ASA e Vitória voltarão a se reencontrar na Série B do Campeonato Brasileiro em 2012. Na tarde deste sábado, o Leão baiano triunfou, de virada, por 2 a 1, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, mas ficou sem o acesso na última rodada.
Em Goiânia, o Sport bateu o Vila Nova e se juntou a Portuguesa, Náutico e Ponte Preta na Série A. Jorginho (contra) e Neto Baiano garantiram a vitória ao time baiano que ficou na quinta colocação, com 60 pontos.

Enquanto isso, o ASA, apesar da derrota, conseguiu escapar do rebaixamento por causa da vitória da Portuguesa sobre o Icasa. O time alagoano se manteve com 48 pontos, na 16ª posição.

Crédito: ASA / Clickarapiraca

Vapt-Vupt!
No caldeirão de Arapiraca, o ASA começou fulminante. Logo aos dois minutos, Leandro aproveitou escanteio batido e, com o cochilo da zaga baiana, marcou de cabeça o primeiro tento da partida.

O Vitória se assustou e demorou para reagir. Sérgio Bueno ainda arriscou de longe e assustou os torcedores baianos. O Leão rubro-negro só deu as caras aos 22 minutos em um chute de Nino. A bola passou perto da meta alagoana.

Mas quem precisou trabalhar mesmo foi Douglas, goleiro do Vitória. Aos 31 minutos, Raul aproveitou cruzamento de Sérgio Bueno, mas o goleirão fez boa defesa. No minuto seguinte foi a vez de Leandro testar Douglas. E mais uma vez o arqueiro baiano levou a melhor.

Antes do apitou final, porém, foi o Vitória que chegou próximo do empate. Aos 40 minutos, Gilberto arriscou firme e o goleiro do ASA fez boa defesa para evitar o empate.

Bora pra cima!
No segundo tempo, o Vitória tomou a iniciativa. Logo aos três minutos, Nino cruzou e Rildo cabeceou com perigo. A bola passou bem perto.

Crédito: ASA / Clickarapiraca

O Vitória voltou ofensivo para a segunda etapa e conseguiu empatar aos 12 minutos. Marcelo, que entrara no segundo tempo, chutou forte, a bola bateu na trave e voltou em Jorginho que marcou contra.

O Vitória seguiu em cima e Marcelo quase marcou o segundo gol aos 17 minutos. Aos 22 minutos, Rildo acertou a trave. Mas aos 31 minutos não teve jeito. Neto Baiano balançou as redes e garantiu o triunfo do Vitória. O ASA bem que tentou no final, mas foi derrotado em casa.