Na reestreia de Fernando, Vitória goleia o Goiás no Barradão

Além da partida, a chuva também adiou o sofrimento do Goiás. Nesta quinta-feira (15), o Vitória atropelou o time goiano por 4 a 0, no Barradão, e criou boa vantagem para o duelo de volta pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Ramon Menezes, Júnior, Schwenk e Bida marcaram os gols.

O Vitória agora pode perder até por três gols de diferença que garante classificação às quartas de final da Copa do Brasil. O jogo de volta é na próxima quarta-feira (21), no Serra Dourada. O próximo compromisso do Vitória é domingo (18), no Barradão, contra o Camaçari, pela semifinal do Campeonato Baiano.

O jogo – Campo molhado, chute de longa distância vira arma poderosa. Foi o que o meia Fernando, reestreando no time titular rubro-negro, pensou logo aos dois minutos de jogo. A bola passou raspando a trave do goleiro Harlei. O Vitória mostrava, então, que ia para cima do adversário.

Mas o Goiás não demorou a responder, e com mais perigo do que o adversário. Aos 3 minutos, Rafael Moura superou a marcação de Reniê e mandou na trave, assustando o goleiro Viáfara.

Com boa movimentação e rápida troca de passes, o Leão passou a acuar o time goiano e chegava com perigo. Aos 15, Fernando arriscou mais uma vez de fora da área. Harlei fez uma ótima defesa e mandou para escanteio. Um minuto depois, Júnior recebeu bom passe de Ramon Menezes e chutou rente à trave do arqueiro goiano.

O Goiás melhorou a marcação e começou a sair do jogo. Mas sofria os contra-ataques do Leão. Aos 36 minutos, Elkeson arrancou pela esquerda e ajeitou para o chute de Wallace. Mais uma vez, bola tirando tinta da trave.

O Goiás se ajustou para o segundo tempo e voltou mais perigoso. Aos nove minutos, Rafael Moura aproveitou cochilo da defesa rubro-negra e ajeitou para Éverton Santos soltar a bomba. Viáfara, bem colocado, espalmou.

Meio por acaso, o Leão abriu o placar aos 22 minutos. Júnior venceu a dividida com a marcação na grande área e chutou. Harlei deu rebote e Ramon Menezes, livre, mandou para as redes.

Animado, o Vitória deslanchou. Aos 25, Nino cruzou na área. Ramon se antecipou ao zagueiro e cabeceou na trave. Aos 28, porém, o segundo. Após chute do camisa 10 rubro-negro, que desviou na zaga do Goiás, Júnior pegou a sobra e chutou sem chances para Harlei.

A torcida ainda comemorava, quando o terceiro chegou aos 31. Bida, com um lindo chute de fora da área, acertou o ângulo. Schwenck fechou a conta aos 45 minutos. Ele recebeu dentro da área, cortou a marcação e mandou para as redes.

Vitória 4 x 0 Goiás – oitavas de final da Copa do Brasil
Data: 15/10/2010
Estádio: Barradão
Arbitragem: Célio Amorim, auxiliado por Marco Antônio Martins e Ângelo Rudimar Bechi

Vitória: Viáfara; Nino Paraíba, Wallace, Reniê e Egídio; Vanderson, Fernando (Neto Berola), Bida (Neto Coruja) e Ramon Menezes; Elkeson e Júnior (Schwenck). Técnico: Ricardo Silva

Goiás: Harlei; Ernando, Rafael Tolói, Marcão; Fábio Bahia (João Paulo), Túlio, Wellington Saci, Rithely e Mateus (Romerito); Éverton Santos e Rafael Moura. Técnico: Jorginho

Fonte: www.portalibahia.com.br