Alemanha pega a Espanha em busca de revanche

A Alemanha enfrenta a Espanha nesta quarta-feira, em Durban, pelas semifinais da Copa do Mundo, em busca da revanche da final da Eurocopa 2008 e, mais que isso, de chegar à decisão do Mundial. A seleção que avançar enfrentará a Holanda na disputa pela taça, no próximo domingo.

A Fúria, por sua vez, entrará no Estádio Moses Mabhida – o mesmo onde começou a Copa com o pé esquerdo, perdendo para a Suíça – com o objetivo de fazer história e se classificar para uma final inédita para o futebol espanhol.

Entretanto, a Espanha terá à sua frente uma seleção alemã que tem exibido um futebol exuberante e que já derrubou Inglaterra e Argentina com direito a goleadas – 4 a 1 e 4 a 0, respectivamente.

De 2008 para cá, a Espanha manteve praticamente o mesmo time que conquistou a Eurocopa. O técnico Vicente del Bosque fez poucos retoques na equipe antes comandada por Luis Aragonés, com a inclusão de jovens como Piqué e Busquets, que conquistaram seu espaço.

Já a Alemanha mudou de cara e acrescentou à tradicional força física altas doses de qualidade técnica com jogadores como Müller e Özil.

O único problema de Vicente del Bosque é a possível ausência do volante Fàbregas, que provavelmente substituiria Fernando Torres, mas sentiu dores na perna direita. Assim, o atacante deve ser mantido entre os titulares.

Do outro lado, o principal desafio de Löw é substituir o suspenso meia Müller, autor de quatro importantes gols para a equipe. Cacau e Trochowski brigam pela vaga.
FICHA TÉCNICA:
ALEMANHA X ESPANHA

Estádio: Moses Mabhida, Durban (AFS)
Data/hora: 6/7/2010 – 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Viktor Kassai (HUN)
Auxiliares: Gabor Eros (HUN) e Tibor Vamos (HUN)

ALEMANHA: Neuer, Lahm, Mertesacker, Friedrich e Boateng; Khedira, Schweinsteiger, Cacau (Trochowski), Özil e Podolski; Klose. Técnico: Joachim Löw.

ESPANHA: Casillas, Sergio Ramos, Puyol, Piqué e Capdevila; Busquets, Xabi Alonso, Xavi, Iniesta e David Villa; Fernando Torres. Técnico: Vicente del Bosque.