23 anos depois

Vinte e três anos. Toda uma geração de torcedores tricolores, especialmente aqueles nascidos a partir dos anos 1990, vai ter nesta quarta-feira, 1, a primeira chance de ver o Bahia jogando em uma competição internacional.O jogo no estádio de Pituaçu contra o São Paulo, às 21h50, pela Copa Sul-Americana, marca o retorno do Esquadrão a um confronto válido por um torneio continental. A última participação aconteceu no dia 26 de abril de 1989, quando o tricolor baiano foi eliminado pelo Internacional nas quartas de final da Libertadores da América.

Competição internacional, pero no mucho, alguns dirão. De fato, o jogo é válido pela fase inicial da Sul-Americana, onde todas as oito equipes brasileiras classificadas se enfrentam em partidas mata-mata. Além de Bahia e São Paulo, também se enfrentam nesta fase: Grêmio e Coritiba; Atlético-GO e Figueirense; Palmeiras e Botafogo.Por isso, apenas caso o Bahia supere o São Paulo na combinação destes dois jogos (a partida de volta acontece no dia 21, às 20h15, no Morumbi), o Esquadrão poderá enfrentar realmente um adversário “internacional” na fase seguinte da Sul-Americana.

Outra “motivação” para o torcedor do Bahia ir ao estádio de Pituaçu é o fato que o jogo não será transmitido em nenhum canal de TV aberto ou fechado para Salvador. Os canais detentores dos direitos (Globo e Band, TV aberta; e Fox Sports, TV fechada) irão transmitir o confronto entre Palmeiras e Botafogo no mesmo horário.

Para quem não for ao estádio, o portal A Tarde fará o tempo real da partida, com o lance a lance dos melhores momentos da partida. O canal Fox Sports também mostrará o VT do jogo, a partir das 23h45.

Caveirão – Artilheiro do Bahia na temporada 2012 com 22 gols, o atacante Souza está suspenso dos próximos três jogos do Esquadrão na Série A, mas como a punição não vale para jogos internacionais, então o “Caveirão” poderá enfrentar o São Paulo.
Souza terá como companheiro o experiente Junior, formando uma dupla que deve trazer boas lembranças para o torcedor do Bahia. Ambos jogadores estiveram em campo na heroica virada sobre o tricolor paulista por 4 a 3 na Série A do ano passado, partida fundamental na permanência da equipe baiana na elite do futebol brasileiro.

A única dúvida do técnico Caio Junior – invicto nos dois jogos a frente do Bahia, e curiosamente, enfrentando em sequência seu terceiro adversário paulista – é a escalação ou não do lateral Ávine. O jogador continua sofrendo com o longo período fora dos gramados e pode ser poupado da partida, assim como o treinador fez com o volante Fabinho, que não enfrenta o São Paulo.

Capitão – O experiente goleiro Rogério Ceni está confirmado para o jogo desta quarta-feira, no estádio de Pituaçu. O capitão do tricolor paulista voltou a jogar pelo São Paulo no último domingo, na vitória sobre o Flamengo por 4 a 1 no Brasileirão. Nos treinos após a partida, Ceni chegou a reclamar de dores, mas teve sua participação confirmada pelo treino Ney Franco.
O principal desfalque será o volante Denilson, que joga devido a dores musculares. Além dele, Cañete, Wellington, Osvaldo e Fabrício, todos lesionados, seguem fora do time.

Bahia x São Paulo – Jogo de ida da fase brasileira da Copa Sul-Americana

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: Quarta-feira, 1 de agosto
Horário: 21h50.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Henrique Dibert Pedrosa (RJ) e Rodrigo Joia (RJ).

Bahia: Marcelo Lomba; Gil Bahia, Titi, Danny Morais e Ávine (Gerley); Fahel, Diones, Hélder e Zé Roberto; Junior e Souza. Técnico: Caio Junior.
São Paulo: Rogério Ceni; João Filipe, Rafael Tolói e Rhodolfo; Douglas, Rodrigo Caio, Jadson, Maicon e Cortez; Ademilson e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.

Fonte: A Tarde