Torcedores do Palmeiras protestam contra diretoria após empate com o Atlético-MG em casa

Um grupo de torcedores do Palmeiras protestou contra diretoria após o empate em 1 a 1 com o Atlético-MG em casa, na tarde deste domingo, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O presidente Mauricio Galiotte e o diretor de futebol Alexandre Mattos foram os alvos das ofensas. Já o time foi chamado de “pipoqueiro”.

Com o empate, o Palmeiras viu a distância para o líder Flamengo subir para cinco pontos (52 a 47). O próximo jogo do Verdão é quarta-feira, contra o Santos, terceiro colocado, na Vila Belmiro. O Flamengo joga na quinta, contra o Atlético-MG, no Maracanã.

Polícia dispersa protestos em frente à arena do Palmeiras — Foto: Felipe Zito

Polícia dispersa protestos em frente à arena do Palmeiras — Foto: Felipe Zito

Fonte: Globo Esporte