Torcedores do Bahia e presidente da Bamor são presos após agredir jovem com camisa do Vitória

O presidente da Bamor, Luciano da Silva Venâncio, e quatro torcedores do Bahia, Sérgio Soares Brandão, 37 anos, Tiago Tiburcio dos Santos, 33 anos, Matheus Pires Castro, 28 anos,  e George da Silva Mata, 35 anos, foram presos após agredir um jovem de 21 anos, na BR-110, no bairro Gravito, nas proximidades do Clube do Cavalo, em Catu, Região Metropolitana de Salvador, na noite desta quarta-feira (6).

Informações obtidas pelo BNews apontam que, o grupo seguia em um carro para o jogo do time que enfrentou o Atlético de Alagoinhas, no Estádio Antônio Carneiro, quando avistou a vítima que usava uma camisa da torcida do Vitória, na cidade de São Sebastião do Passé. Eles desceram do carro, agrediram o jovem com chutes e socos, e depois fugiram.

A vítima foi socorrida por populares para um hospital local, com ferimentos nas pernas, braços, nádegas e cabeça. À polícia, ele contou que corria às margens da BR-110, trajando a camisa da torcida organizada do Esporte Clube Vitória, Os Imbatíveis, quando tentaram atropelá-lo e depois o agrediram, e mandaram entregar a camisa.

O Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) da 95ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foi acionado e durante buscas abordou o grupo. Com eles, a polícia encontrou e apreendeu duas facas. Inicialmente, os homens foram levados para a 37ª Delegacia, onde foram autuados por lesão corporal, formação de quadrilha. Na unidade, eles também foram reconhecidos pela vítima. Depois, os torcedores do Bahia foram encaminhados para 23ª Delegacia, em Lauro de Freitas. Eles estão à disposição da Justiça.

Fonte:Bnews