Santos vence a Chapecoense por 2 a 0 e se isola na vice-liderança

O Santos foi dono absoluto do jogo e venceu a Chapecoense, já rebaixada, com facilidade na noite deste domingo, na Vila Belmiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O placar de 2 a 0 ficou na medida para um time que conquistou a vantagem e depois só administrou o placar. Os gols foram marcados no começo das duas etapas: Lucas Veríssimo na primeira, Evandro na segunda.

Com a vitória, o Santos sobe para 71 pontos e se isola na segunda colocação, três à frente do Palmeiras. A Chapecoense, com 28, é a penúltima colocada.

O Santos teve amplo domínio no primeiro tempo. Quando não pressionou a Chapecoense, teve o jogo sob controle. A intensidade foi maior nos primeiros minutos, quando Lucas Veríssimo, após cruzamento de Evandro na esquerda, abriu o placar de cabeça. Depois, Marinho e Sánchez poderiam ter ampliado. A Chape, aos poucos, se soltou um pouco mais, aproveitando queda de ritmo do Santos. A melhor chance foi com Camilo, em cobrança de escanteio que quase resultou em gol olímpico.

Santos x Chapecoense, gol de Lucas Veríssimo

Santos x Chapecoense, gol de Lucas Veríssimo (Foto: RICHARD CALLIS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

O começo do segundo tempo foi muito parecido com o do primeiro: Santos com a bola, Santos pressionando, Santos fazendo gol. Na etapa final, foi com Evandro, que aproveitou chute forte de Marinho, cruzado, após passe de Sánchez (onipresente em campo). Mais uma vez, a Chape não teve forças para reagir, e o Santos manteve total controle do jogo, alcançando 70% de posse. Porém, deixou de criar chances claras, o que tornou o jogo monótono até o apito final.

Jorge Sampaoli, suspenso, não teve como comandar o time na beira do campo. Foi substituído pelo auxiliar Jorge Desio e assistiu ao jogo de um camarote.

Jorge Sampaoli, técnico do Santos

Jorge Sampaoli, técnico do Santos (Foto: GUILHERME DIONíZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO)

 

As duas equipes voltam a campo na quarta-feira para a penúltima rodada do Brasileirão. O Santos visita o Athletico-PR às 19h. E a Chapecoense recebe o CSA às 21h.

Fonte: Globo Esporte