Presidente do COI admite cancelar Olimpíadas se pandemia não for controlada

Pela primeira vez, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, admitiu a possibilidade de cancelar os Jogos Olímpicos de Tóquio caso a pandemia do coronavírus não esteja controlada em 2021. O evento iria acontecer neste ano, mas foi adiado por causa da situação em que o mundo se encontra.

“É a última opção. Francamente, entendo isso porque você não pode empregar para sempre 3.000 ou 5.000 pessoas em um comitê organizador. Você não pode mudar todos os anos todo o calendário esportivo mundial de todas as principais federações. Você não pode ter os atletas em incerteza. Você não pode ter tanta sobreposição com os futuros Jogos Olímpicos, por isso entendo essa abordagem de nossos parceiros japoneses”, disse o dirigente em entrevista à BBC.

Foto: IOC / Christophe Moratal