Prefeito de Juazeiro descarta liberar futebol no município por enquanto

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim (PT), descartou liberar a retomada de treinos presenciais de futebol e muito menos as partidas do esporte bretão no município. O motivo é o aumento de casos de coronavírus na cidade. Somente no mês de junho 506 pessoas foram diagnosticadas com a doença. 

“O comércio de Juazeiro [serviço não essencial] está fechado e aderimos toque de recolher [das 18h às 5h]. Neste momento não tenho como liberar estádios para treinos ou jogos de futebol. Só nesse mês de junho registramos 506 casos. Tivemos 25 óbitos aqui em Juazeiro. Mais para frente quando voltar ao normal, o futebol vai voltar, mas por agora não tem possibilidade. Nossa prioridade é salvar vidas”, disse em entrevista ao Bahia Notícias.

Juazeiro, que fica localizada no norte da Bahia, conta com um representante no Campeonato Baiano, que é a Juazeirense. A competição ainda não teve seu retorno, mas a Federação Bahiana de Futebol (FBF) já trabalha para recomeçar o certame a partir da segunda quinzena de julho (relembre aqui).

Até o momento, Juazeiro registrou 585 casos de coronavírus, sendo que 186 pessoas se recuperaram clinicamente.

por Glauber Guerra

Foto: Divulgação/ Ascom/PMJ