‘O empate acabou sendo justo’, revela Guto Ferreira após a partida

Buscando a regularidade na temporada, o Bahia empatou em 0 a 0 com o Jacobina, lanterna da competição, neste domingo (4), no estádio José Rocha, em jogo válido pela quarta rodada da competição. O jogo foi marcado pela expulsão do goleiro Douglas após tentar corrigir a lambança feita pelo zagueiro Lucas Fonseca.

Em entrevista coletiva à imprensa, o técnico do Bahia, Guto Ferreira, reconheceu a má atuação do time. Segundo o treinador, o time “foi aquém” e não soube aproveitar as oportunidades que teve no gramado do estádio José Rocha.

“Se você analisar as partidas do Bahia, até eu não deveria colocar essa situação, as duas equipes que saíram [para o jogo] contra o Bahia foi o Jacuipense e Altos nós ganhamos. [O Jacobina] veio com as linhas baixas. No decorrer do primeiro tempo, nosso time foi relaxando e cedendo os contra-ataque. Em um desses contra-ataques tivemos a infelizmente de perder um dos jogadores. O Bahia, mesmo criando as chances, não soube matar o jogo, aproveitar. O empate acabou sendo justo. O time do Jacobina fez boa partida e nós fomos aquém”, declarou.

O comandante também falou sobre o meia Vinícius, que não começou jogando, mas entrou no segundo tempo e quase deu o triunfo para o Esquadrão, no último minuto. O técnico também afirmou que a equipe ainda está longe do ideal.

“Acho que não dá para mudar, passa por isso sim. Alguns jogadores vão retornar, Vinicius vem tendo regularidade boa. E a gente caminha até que todo mundo possa caminhar de igual para igual. Aí a gente quer todo mundo de igual para igual e ninguém vai poder relaxar. Mas ainda estamos distantes”, pontuou.

O Bahia volta a campo pelo Campeonato Baiano na próxima quarta-feira (7), contra o Vitória da Conquista, na Arena Fonte Nova.