Nutricionista do Bahia explica desafio de preparar atletas nas partidas pela manhã

No futebol, uma boa preparação depende de vários fatores, entre estes os principais são o treino, o descanso e a alimentação. A rotina dos pilares do desempenho de alto nível muda completamente para o Bahia neste domingo (19), quando a equipe enfrenta o São Paulo às 11h, no Morumbi, pelo Brasileirão. No caso da alimentação dos tricolores, o nutricionista Felipe Sales reconheceu que deixar o grupo equilibrado neste horário é um desafio.

 

“Normalmente a gente tem uma mudança de hábito por parte dos atletas e temos que nos adaptar por uma alimentação por maior aceitação da parte deles. Não podemos esquecer que é um preparação a base de carboidratos, que é fundamental para o rendimento deles em campo. Mas também não esquecendo do fato dos atletas acordarem indispostos por não estar adaptado a jogar nesses horários. É uma mudança da forma de como o carboidrato é ofertado, algo similar a um café da manhã”, explicou, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Sempre atento ao que os jogadores do Esquadrão de Aço consomem, Felipe reforça a importância do carboidrato, fonte de energia importante para a performance. No entanto, o profissional alerta para o equilíbrio do macronutriente para uma jornada diferente que é a partida pela manhã.

“Sobre adaptar a preparação, temos que fazer um trabalho de orientação. Identificamos os alimentos que mais agradam a eles para esse horário. A gente consegue equilibrar de carboidrato em cima da preparação ideal para o horário. Fica muito mais específico dentro do gosto do atleta, já que cada um tem sua particularidade. É um momento muito particular”, indicou.

 

De acordo com Felipe, sanduíches, tapioca e omelete são os pratos mais recorrentes no cardápio do elenco.

 

“Como temos um horário de saída e de preleção, temos uma diferença para eles acordarem, o metabolismo ser ativado. A gente acaba fazendo algo que eles não percam tempo no café. A gente faz uma área reservada com tapioca, sanduíches, omelete a base de proteína. Fazemos algo que seja simples para eles”, indicou.

 

Bem alimentado, o Bahia vai tentar transformar a energia em gols para voltar a vencer no Brasileirão e espantar o fantasma dos jogos fora de casa. No momento, o Tricolor é o oitavo colocado da Série A, com seis pontos.

Fonte:Bn noticias