Nesta terça-feira (15), o Vitória entra em campo com o sub-23 para enfrentar o CSA, em Maceió, pela primeira rodada da Copa do Nordeste.

O Vitória utilizou este domingo (13) para dar aos seus jogadores uma dimensão de uma partida real. No Barradão, os jogadores fizeram um jogo-treino com o Olímpia e empataram em 0 a 0. Em sua análise, o técnico Marcelo Chamusca afirmou que os jogadores ainda estão sentindo a “perna pesada” em virtude da carga de treinamento, mas se disse satisfeito com o desempenho em campo.

“Para o estágio nosso de treinamento, principalmente nesse momento de pré-temporada, é natural que os jogadores estejam com a pena pesada, sobrecarga maior e isso influencia na parte técnica e tática. Erros de passes, algumas questões no um contra um, mas isso tudo faz parte desse momento da pré-temporada. A tendência é baixar a carga na próxima semana e eles vão ficando mais soltos, com uma condição melhor. Tenho certeza que pode evoluir. Para os objetivos e conceitos que passamos, a gente conseguiu fazer dentro no jogo”, declarou.

O comandante do Leão citou as mudanças que tem feito na equipe e mostrou confiança no entrosamento do time a partir da sequência de jogos.

“É um momento que a gente mexe muito. No próximo a gente pode criar uma escalação diferente, mesclar, para observar e que eles possam se entrosar melhor e a gente tenha uma melhora. Tivemos muitas bolas no último terço, mas falta uma conexão melhor. Isso vai acontecer com os treinamos e a partir de quando começarmos os jogos oficiais”, pontuou.

Nesta terça-feira (15), o Vitória entra em campo com o sub-23 para enfrentar o CSA, em Maceió, pela primeira rodada da Copa do Nordeste.