Na seca! Gabriel Jesus tem pior desempenho de um centroavante titular do Brasil em Copas; Entenda

Mais uma vez, o sonho do hexa foi adiado. A derrota da Seleção Brasileira para a Bélgica, por 2 a 1, na última sexta-feira (07) marcou a despedida do Brasil da Copa do Mundo da Rússia, e também marcou a despedida do jovem atacante Gabriel Jesus do Mundial, com uma marca bastante incômoda.

Tendo atuado os cinco jogos do Brasil como titular, na Rússia, e não marcado nenhum gol, o atleta do Manchester City atingiu a marca de um dos piores desempenhos de um centroavante titular brasileiro na história das copas. Gabriel se juntou a Alcindo, em 1966, e Mirandinha, em 1974, como os “camisa 9” que deixaram a competição sem balançar as redes adversárias. Porém, diferente de Jesus, os outros dois atuaram em apenas dois jogos.

Importante durante a campanha nas eliminatórias, principalmente após a chegada do técnico Tite, Gabriel Jesus esteve longe de desempenhar o seu melhor futebol na Copa. O atleta teve a sua escalação diversas vezes questionada, mas o comandante brasileiro o bancou, justificando inclusive a importância tática que o atleta tinha para o time.

Veja abaixo o desempenho de todos os centroavantes brasileiros em Copas:

1930: Preguinho – 3 gols em 2
1934: Leônidas da Silva – 1 gol em 1 jogo
1938: Leônidas da Silva – 7 gols em 4 jogos
1950: Ademir Menezes – 9 gols em 6 jogos
1954: Baltazar – 1 gol em 2 jogos
1958: Vavá – 5 gols em 4 jogos
1962: Vavá – 4 gols em 6 jogos
1966: Alcindo – 0 gol em 2 jogos
1970: Tostão – 2 gols em 6 jogos
1974: Mirandinha – 0 gol em 2 jogos
1978: Roberto Dinamite – 3 gols em 5 jogos
1982: Serginho Chulapa – 2 gols em 5 jogos
1986: Careca – 5 gols em 5 jogos
1990: Careca – 2 gols em 4 jogos
1994: Romário – 5 gols em 7 jogos
1998: Ronaldo – 4 gols em 7 jogos
2002: Ronaldo – 8 gols em 7 jogos
2006: Ronaldo – 3 gols em 5 jogos
2010: Luis Fabiano – 3 gols em 5 jogos
2014: Fred – 1 gol em 6 jogos
2018: Gabriel Jesus – 0 gol em 5 jogos